1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

O acidente da Chapecoense na imprensa europeia

Veículos europeus destacam humildade da equipe e trajetória de superação. Inglês "Guardian" lembra que time vivia o "momento mais glorioso" da sua história, e meios da Espanha recordam jogadores que passaram pelo país.

O acidente aéreo sofrido pela equipe da Chapecoense foi destaque nos principais veículos de comunicação europeus desta terça-feira (29/11).

A notícia ocupou lugar no alto da primeira página da versão online do jornal britânico The Guardian. A publicação afirmou que o time vivia um conto de fadas momentos antes da tragédia. "Deve ter sido o momento mais glorioso da história do clube”, escreveu o jornal britânico, citando o bom desempenho do time nas partidas da Copa Sul-Americana.

A publicação chamou a atenção para a simplicidade da equipe, que jogava em um time de uma cidade relativamente pequena. "Mesmo na excelente fase, a equipe permaneceu modesta.” O Guardian afirmou que o acidente deixa um grande sentimento de perda para os brasileiros. "É uma tragédia no sentido mais verdadeiro da palavra.”

A notícia sobre a tragédia da Chapecoense foi uma das mais lidas do site da revista alemã Der Spiegel. O veículo comparou a importância da Copa Sul-America com a Liga Europa. "A vitória deste campeonato representaria o maior sucesso de toda a história da Chapecoense, desde o ano de sua criação."

O acidente também foi destaque no site do tabloide alemão Bild. A publicação comparou a tragédia com o acidente aéreo de fevereiro de 1958, envolvendo o time inglês Manchester United. O avião caiu em Munique, no sul da Alemanha, e matou 23 pessoas.

O Bild apontou Cléber Santana como o jogador mais conhecido na Alemanha, entre as vítimas do acidente, e também lembrou do ex-jogador da Chapecoense Paulo Rink, brasileiro que já passou pelos times alemães Bayer Leverkusen, 1. FC Nürnberg e Energie Cottbus.

Em entrevista ao jornal alemão Rheinische Post, Paulo Rink afirmou que conhecia muitos jogadores que estavam a bordo do avião que levava a equipe da Chapecoense para a Colômbia. "Estou sem palavras. Não sei nem o que dizer. Havia muitos jovens talentos naquele avião. Vários jogadores da Chapecoense participariam pela primeira vez de uma final internacional. Eles estavam muito contentes para a partida”, afirmou o jogador à versão online do jornal alemão.

Para Rink, trata-se de uma "catástrofe gigantesca”. "Não sei o que vai se do clube a partir de agora. Praticamente todos os jogadores estavam no avião. Como eles vão fazer daqui pra frente?” 

O jornal El País, da Espanha, descreveu a Chapecoense como "equipe humilde que disputaria sua primeira final de um campeonato internacional”.  A publicação espanhola lembra que o time, também conhecido como "furacão do oeste”,  passou por muitos problemas financeiros e quase desapareceu há alguns anos. "A história da Chapecoense é de superação.”

O jornal espanhol El Mundo deu destaque para o jogador Cléber Santana, uma das vítimas do acidente aéreo.  O jogador ficou conhecido na Espanha por suas passagens pelo Atlético de Madri e pelo Mallorca.

Segundo o El Mundo, um dos feitos mais memoráveis de Cléber Santana no futebol espanhol aconteceu quando ele vestia a camisa do time de Mallorca. O jogador marcou um gol de placa contra o Real Madrid no Campeonato Espanhol de 2009.  Para a publicação espanhola, Cléber ficará presente na memória dos espanhóis – tanto entre os fãs do Mallorca como do Atlético de Madrid.

NT/ots

 

Leia mais