1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

O 22º dia de Copa nas redes sociais

Confira aqui as mensagens e fotos mais interessantes do dia postadas por jogadores, dirigentes e mídia esportiva sobre a Copa no Brasil.

A notícia do dia não foi a classificação brasileira, muito menos a alemã. Foi a contusão de Neymar. Companheiro de Seleção, Hulk tratou de desejar força ao craque!

Com um apoio desses não tem como perder. Ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Franz-Walter Steinmeier, e sua equipe do inistério deram a sua mensagem de apoio à seleção alemã.

Horas antes da partida, Bastian Schweinsteiger e Lukas Podolski resolveram mostrar seus novos presentes e posaram com a camisa do Flamengo da sacada do hotel.

Podolski também aproveitou para lembrar do primeiro título alemão. Há exatos 60 anos, a Alemanha ganhava a Batalha de Berna. Um dos jogadores era este senhor ao lado de Podolski: Hans Schäfer.

Na hora dos hinos uma cena curiosa chamou a atenção. Deram justamente para Mathieu Valbuena (1,67m de altura) a mascote mais alta, quase encobrindo a sua visão.

Assim alemães comemoram a classificação para as semifinais: mostrando a língua. Na foto, Thomas Müller e Miroslav Klose.

Com a vitória contra a França, a Alemanha alcançou a liderança provisória do ranking da Fifa. O brasil pulou para a sexta colocação.

Após a vitória da Seleção contra a Colômbia, Daniel Alves e David Luiz foram confortar um abatido James Rodríguez. O zagueiro, autor do segundo gol, chegou a apontar para o jovem colombiano, mostrando à torcida que James merece os aplausos do público. Belo gesto.

O repórter alemão Michael Krämer ficou impressionado com a multidão brasileira em Copacabana.

Radamel Falcao, craque colombiano e que ficou fora da Copa devido a uma lesão, reclamou que o árbitro não foi ao jogo. Choro de perdedor ou a arbitragem foi ruim mesmo?

A Costa Rica está confiante. Além das quartas de final, a federação local já mandou confeccionar as flâmulas para a semifinal e a grande final.

A Argélia foi recebida com grande festa na capital. Além disso, os jogadores decidiram doar toda a premiação pela participação na Copa ao povo que vive na Faixa de Gaza. Enquanto isso, outra seleções africanas fizeram greve no Brasil...