1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Novo tornado atinge Oklahoma e causa mais mortes

Tempestades ocorrem duas semanas após fenômenos similares devastarem região e causam pelo menos mais 12 mortes. Ventos de até 145 quilômetros por hora deixam 210 mil famílias sem eletricidade em seis estados dos EUA.

Pelo menos 12 pessoas morreram nos estados norte-americanos de Oklahoma e Missouri neste fim de semana após um tornado voltar a atingir a região, segundo afirmaram autoridades públicas locais neste domingo (02/06). Em Oklahoma City, pelo menos nove pessoas morreram. Em Missouri, três pessoas perderam a vida afogadas nas enchentes, de acordo com o governador do estado, Jay Nixon.

Entre as localidades mais prejudicadas está a pequena cidade de Moore, onde há quase duas semanas 24 pessoas haviam morrido em consequência de um tornado, que varreu a área em torno de Oklahoma City no dia 20 de maio.

De acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia, pelo menos 17 tornados atingiram o meio oeste dos Estados Unidos na noite de sexta-feira. Entre as vítimas estão várias pessoas que estavam em veículos atingidos no momento da tempestade.

Pelo menos 70 pessoas ficaram feridas, segundo informou a imprensa local. Ao todo, 210 mil famílias ficaram no sábado sem eletricidade nos estados de Oklahoma, Missouri, Arkansas, Illinois, Indiana e Kansas.

Tornado in US-Bundesland Oklahoma

Veículo virado por ventos: muitas vítimas eram motoristas, pegos de surpresa

Túneis subterrâneos

O aeroporto de Oklahoma City foi evacuado por razões de segurança, e todos os voos foram cancelados. Os passageiros foram levados para túneis subterrâneos. Ao todo, cinco tornados atingiram a área em torno de Oklahoma City, com ventos de até 145 quilômetros por hora.

Após as tempestades, os cidadãos de Oklahoma também lutam contra as enchentes provocadas pelas fortes chuvas. Em Oklahoma City, várias ruas ficaram submersas. Muitas pessoas permaneceram presas em seus carros, não podendo voltar para casa depois do trabalho.

MD/afp/dpa

Leia mais