1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Novo presidente italiano estabelece combate à corrupção como prioridade

Em discurso de posse, Sergio Matarella denuncia expansão da Máfia para o norte da Itália e diz que solução para a crise passa pelo estímulo ao crescimento econômico. Ele é o 12º presidente da República Italiana.

O novo presidente da Itália, Sergio Mattarella, de 73 anos, foi empossado no cargo nesta terça-feira (03/02), numa cerimônia no Parlamento, reunido em sessão plenária em Roma. Ele havia sido eleito no sábado passado pelos parlamentares.

No seu discurso de posse, o antigo juiz constitucional afirmou que as reformas de consolidação orçamentária devem ser articuladas com medidas para estimular o crescimento econômico e, assim, solucionar uma duradoura crise, que afeta sobretudo os mais jovens.

Mattarella afirmou que os combates ao crime organizado e à corrupção devem ser prioridades do governo italiano. "A corrupção atingiu um nível inaceitável", disse o novo presidente, o 12º desde que o país se tornou uma República, depois da Segunda Guerra Mundial.

Ele afirmou que a Máfia, de origem siciliana, está se espalhando de forma alarmante para o norte do país, a partir de sua tradicional base no sul. Mattarella é o primeiro siciliano a ocupar o cargo de presidente da Itália.

Mattarella entrou na política depois que seu irmão mais velho, Piersanti Mattarella, foi assassinado pela Máfia, em 1980, quando era presidente da região da Sicília. O novo presidente italiano chamou de heróis os promotores Giovanni Falcone e Paolo Borsellino, que foram assassinados pela Máfia em 1992.

A eleição de Mattarella foi considerada uma vitória para o primeiro-ministro Matteo Renzi, que o apoiou mesmo com a oposição do ex-premiê Silvio Berlusconi. Apesar de pouco conhecido entre a população, Mattarella é uma figura respeitada nos círculos políticos italianos.

AS/lusa/afp/ap/rtr/dpa

Leia mais