1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

No troca-troca de jogadores, sul-americanos deixam a Bundesliga

Equipes da Bundesliga contratam reforços para o returno da competição. O Bayern anunciou que pode gastar até 40 milhões de euros. Desta vez, há mais sul-americanos na lista de venda do que na mira dos clubes alemães.

default

Enquanto outros sul-americanos deixam a Bundesliga, Marcelinho Paraíba retorna ao futebol alemão

A DW-WORLD fez um levantamento das transações feitas pelos clubes do Campeonato Alemão durante a pausa de inverno. Embora sejam aguardados investimentos significativos do Bayern de Munique, principalmente, até o momento não há nenhuma grande contratação.

Considerando também as negociações em curso, mais jogadores sul-americanos estão deixando a Bundesliga do que entrando para a principal competição do futebol alemão. O campeonato recomeça na próxima sexta-feira (26/01) e o prazo para inscrição de novos jogadores se encerra em 31 de janeiro.

Já contratados

O atual campeão da Bundesliga, Bayern de Munique, está entre os clubes com maior movimentação no elenco, com quatro jogadores de meio-campo deixando o clube. Sebastian Deisler se aposentou com apenas 27 anos, por problemas crônicos no joelho. O meio-campista paraguaio Julio dos Santos foi emprestado ao Wolfsburg. Hasan Salihamidzic, negociado com a Juventus de Turim, e Ali Karimi, que acertou com o Al Ahli de Dubai, deixam o Bayern no final da temporada.

WM 2006: Franck Ribery in Aktion Test-Länderspiel gegen China

Ao custo de 22 milhões de euros, o francê Ribery pode ser a maior contratação da pausa de inverno

Na lanterna da competição, o Mainz resolveu renovar. Quatro jogadores deixam o clube, que já anunciou quatro reforços. Estão de saída o meia Christof Babatz e os atacantes Bakary Diakite, o brasileiro Edu e Tobias Damm. Chegam à equipe Marius Niculae, Leon Andreasen, o colombiano Elkin Soto e o egípcio Mohamed Zidan. Por este foram pagos 2,7 milhões de euros, a maior contratação da história do clube.

Penúltimo da tabela e ameaçado de rebaixamento como o Mainz, o Hamburgo prossegue apostando no trabalho do técnico Thomas Doll e no atual plantel. A equipe contratou apenas um goleiro, o experiente Frank Rost, humilhado e descartado pelo Schalke. O time de Gelsenkirchen, por sua vez, também cedeu, por empréstimo, o meia Alexander Baumjohann para o Borussia Mönchengladbach.

Já o Nürnberg decidiu estender até 2010 o contrato com o espanhol Javier Pinola, que defendeu o time alemão no primeiro turno, cedido pelo Atlético de Madrid. Quem também se reforçou foi o Wolfsburg, que "repatriou" o brasileiro Marcelinho Paraíba, que deixou o Hertha Berlim no final da última temporada para jogar na Turquia.

Mais preocupado em manter em seu elenco o artilheiro Klose – pretendido pelo rival Bayern de Munique –, o líder Werder Bremen parece satisfeito com sua lista de jogadores. O único reforço do time é o zagueiro Peter Niemeyer, de 23 anos. Outros aspirantes ao título assumiram postura parecida, como o Stuttgart, que apresentou apenas o veterano Silvio Meissner como novidade.

Casos curiosos

Os casos mais curiosos do período de contratação são protagonizados por sul-americanos, a começar pelo zagueiro Gustavo. Depois de ganhar destaque atuando pelo Paraná Clube, o brasileiro acertou vínculo com o Schalke, alegando dias depois à imprensa alemã que não jogaria mais na Alemanha por motivos familiares. Por outro lado, à imprensa brasileira, já respondia como jogador do Palmeiras.

Outra confusão tem como ator principal o volante colombiano Elkin Soto, que, em função de sua situação contratual, está rendendo uma tremenda dor de cabeça ao Mainz. O time alemão contratou o colombiano, porém o Once Caldas, ex-clube de Soto, impugnou a transação assegurando ser titular do passe do jogador e ameaçando levar o caso à Comitê Disciplinar da Fifa.

Especulações sobre o Bayern

Bundesliga 26. Spieltag Bayern München gegen Hansa Rostock

Depois de criticar colegas, especula-se sobre a saída do brasileiro Lúcio do Bayern

Até o momento, o Bayern só efetuou uma compra: o jovem atacante alemão Jan Schlaudraff. No entanto, a revelação do Alemannia Aachen só estréia no novo clube na temporada 2007/08.

No mais, tudo não passa de especulações, ao menos por enquanto. Muitos comentários, até o momento sem embasamento, surgiram depois de o clube mais rico da Alemanha anunciar que pode investir até 40 milhões de euros para adquirir novos craques, além de não descartar a possibilidade de se desfazer de alguns jogadores. O zagueiro Lúcio, que andou disparando críticas contra colegas de equipe, nestas férias, estaria na "corda bamba".

Especula-se que o Bayern estaria disposto a pagar 22 milhões de euros pelo francês Franck Ribery, de 23 anos – considerado o sucessor de Zidane. Na imprensa esportiva alemã, também existem rumores quanto à contratação do holandês Arjen Robben, que viria para o lugar do inglês Owen Hargreaves, que por sua vez mudaria para o Chelsea, e do meia argentino Riquelme.

Em contrapartida, deixariam o clube o atacante paraguaio Roque Santa Cruz, que já estaria sendo negociado com outra equipe da Bundesliga; o atacante peruano Claudio Pizarro, cujas pretensões salariais (4 milhões de euros por ano) são um obstáculo para a renovação de seu contrato; além do brasileiro Lúcio.

Leia mais