Nice proíbe uso do burquíni | Notícias e análises internacionais mais importantes do dia | DW | 20.08.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Nice proíbe uso do burquíni

Município se une aos mais de dez que já adotaram a proibição na França. Em Cannes, três mulheres são multadas por usar o traje de banho em praias.

A administração de Nice afirmou nesta sexta-feira (19/08) que também vai proibir o burquíni nas praias locais, juntando-se aos mais de dez municípios franceses que já tomaram essa decisão.

Depois de Cannes, que proibiu a vestimenta em 28 de julho, muitos outros municípios franceses emitiram ordens para proibir o acesso à praia a quem usar o traje de banho, típico de mulheres muçulmanas.

Na região da Côte d'Azur, no sul da França, o burquíni foi proibido em Cannes, Villeneuve-Loubet, Mandelieu, Saint Jean Cap Ferrat, Beaulieu-sur-Mer, Èze, Villefranche-sur-Mer e Cap d'Ail.

Assistir ao vídeo 02:14
Ao vivo agora
02:14 min

A polêmica sobre o uso do burquíni na França

No resto do país, também Sisco, na Córsega, Le Touquet e Oye Plage, no norte, e Leucate, no sudeste, adotaram a mesma proibição ou anunciaram a intenção de fazê-lo nos próximos dias.

Ao todo, três mulheres já foram multadas por usar burquíni em Cannes desde que a Justiça validou, no sábado passado, o decreto municipal que proíbe o maiô em suas praias, informou o jornal Nice-Matin.

No próprio sábado, uma mulher de 29 anos foi multada na praia da Croisette. No dia seguinte, uma banhista de 32 foi sancionada em Zamenhoff; e ontem à tarde uma tunisiana de 57 anos sofreu a mesma punição. A multa é de 38 euros, conforme a legislação.

O uso do burquíni é pouco comum nas praias francesas.

AS/lusa/afp

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados