1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Nevoeiro impede Juventus x Bayer Leverkusen

Adiamento do jogo foi decisão unânime entre os responsáveis. Ninguém quis repetir partida fantasma de dois anos atrás.

default

De um lado do estádio Delle Alpi não se conseguia ver o outro

A estréia do Bayer Leverkusen e da Juventus na segunda fase da Liga dos Campeões foi adiada para o dia 28. Um forte nevoeiro na noite desta quarta-feira, no estádio Delle Alpi, em Turim, obrigou o juiz suíço Urs Meier a decidir pela transferência da partida, nove minutos antes do horário previsto para seu início. É a primeira vez na história da Liga dos Campeões que um jogo não é realizado por falta de visibilidade.

"A partida só poderia ter sido disputada em condições esportivas irregulares. De um gol não se consegue ver o outro. Nós já conversamos com os responsáveis das federações italiana e alemã e marcamos o jogo para a quarta-feira da semana que vem", afirmou Reiner Calmund, diretor do Leverkusen.

O adiamento forçará também a Federação Alemã de Futebol (DFB) a mudar a data da partida do Leverkusen contra o Bochum pela Copa Alemanha, prevista para o dia 28. Provavelmente, ela será transferida para 11 ou 12 de dezembro.

"A decisão foi acertada. Mal se pode ver alguma coisa. Eu mesmo já vivenciei algo assim. Em 1978, em Frankfurt, eu me preparava para entrar na partida da Seleção Alemã contra a da Hungria, quando o juiz a interrompeu", lembra Klaus Toppmöller, na época goleiro e atualmente técnico do Leverkusen.

O nevoeiro começou a baixar sobre o estádio de Turim horas antes do horário do jogo. Como as condições de visibilidade só tendiam a piorar, logo os responsáveis começaram a discutir a possibilidade de adiar o encontro.

Televisionamento – "Claro que a televisão desempenha papel-chave na hora de uma decisão destas, mas não podemos permitir que o episódio de Berlim se repita. Nisto, fomos unânimes", comentou o norueguês Dag Svinsas. O encarregado de mídia da Uefa referiu-se à primeira partida do Hertha Berlim na segunda fase da Liga dos Campeões, há quase exatos dois anos (23 de novembro de 1999), quando o time anfitrião e o Barcelona entraram em campo sob pressão das emissoras de tevê, apesar do forte nevoeiro. Os telespectadores, porém, só puderam assistir a um "jogo fantasma", pois as imagens eram predominantemente brancas.

Leia mais