1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Nevasca causa ao menos 15 mortes e leva frio intenso aos EUA

Tempestade Hércules cria transtornos no nordeste do país. Milhares de voos são cancelados em Nova York, Washington e Boston. Nos próximos dias, temperatura deve chegar a mínimos históricos, abaixo de 20 graus negativos.

Uma tempestade de neve, chamada Hércules, causou a morte de pelo menos 15 pessoas nesta sexta-feira (03/01), no seu segundo dia sobre o nordeste dos Estados Unidos. A neve e os ventos fortes devem ser seguidos, nos próximos dias, por uma onda de frio que deve fazer com que as temperaturas despenquem para mínimos históricos, abaixo dos 20 graus negativos.

A neve – que atingiu 60 centímetros em alguns pontos – e os intensos ventos obrigaram o cancelamento, pelo segundo dia consecutivo, de mais de 4.200 voos nacionais e internacionais. Houve cerca de 7 mil atrasos em aeroportos importantes, como os de Nova York, Chicago, Boston e Filadélfia.

A primeira grande tempestade do ano nos EUA restringiu também os transportes terrestres e causou o fechamento de escolas e edifícios do governo em 22 estados americanos. Pelo menos 15 pessoas morreram nesta sexta-feira em casos relacionados com a tempestade, como acidentes de trânsito e internações por hipotermia.

Grandes cidades, como Nova York, Boston, Washington e Portland, foram afetadas por grandes quantidades de neve. Milhares de americanos ficaram sem luz em suas casas e locais de trabalho. As baixas temperaturas provocaram também a ruptura de tubulações, causando inundações e a retirada de pessoas de lojas, teatros e hospitais em algumas áreas de Boston.

Mínimo histórico de 20 graus negativos

Com o fim das tempestades de neve, o frio polar deve representar o maior perigo nos próximos dias. As autoridades pediram que a população se proteja contra as baixas temperaturas, que podem atingir mínimos históricos de 20 graus negativos.

Entre os 15 mortos já registrados pela tempestade, estão uma mulher de 71 anos com Alzheimer, que morreu congelada fora de sua casa na zona rural do estado de Nova York, e um homem de 66 anos que sofreu um ataque cardíaco enquanto retirava a neve de sua casa, no sul de Illinois.

Schneesturm USA Ostküste New York

Milhares de voos foram cancelados nos EUA

Na Filadélfia, um funcionário municipal morreu esmagado depois que um monte de sal grosso, utilizado para impedir a formação de gelo nas ruas, deslizou sobre ele. Em Michigan, um caminhão que transportava petróleo caiu de uma ponte, o que provocou um incêndio e obrigou a retirada de pessoas de residências e locais de trabalho da região.

As autoridades locais em diferentes estados informaram sobre a ocorrência de pelo menos outras 11 mortes relacionadas direta ou indiretamente com as condições meteorológicas.

A primeira grande tempestade de neve de 2014 nos EUA afeta um terço do país, ou seja, a mais de 100 milhões de pessoas, e mantém em situação de emergência os estados de Nova York e Nova Jersey, além de causar graves complicações em Massachusetts, Illinois e Pensilvânia.

A capital, Washington, amanheceu neste sábado coberta por uma fina camada de neve, mas não sofreu transtornos tão graves como em outros lugares do nordeste do país. Por esta razão, o governo federal e as autoridades do distrito de Columbia não interromperam suas atividades, mas permitiram que seus funcionários trabalhassem de casa.

FC/efe/afp/dpa/rtr

Leia mais