1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Nemtsova recebe prêmio polonês de democracia

Zhanna Nemtsova, filha do oposicionista russo Boris Nemstov que foi assassinado em fevereiro, recebe 1 milhão de euros por sua luta por democracia e direitos humanos.

A filha do ex-vice-primeiro-ministro russo

Boris Nemstov

que foi assassinado em fevereiro no centro de Moscou, Zhanna Nemtsova recebeu nesta terça-feira (04/08) em Varsóvia o Prêmio da Solidariedade da Polônia.

Nemtsova, de 31 anos, recebeu 1 milhão de euros por sua luta por democracia e direitos humanos. A jornalista afirmou que espera que o prêmio sirva como uma motivação para os russos de que "vale a pena continuar lutando e nós não devemos desistir", disse.

O presidente polonês Bronislaw Komorowski disse que o prêmio era "dedicado a todos os patriotas russos que acreditam que uma Rússia maior e mais bonita não precisa ser um país temido no mundo todo".

O Prêmio da Solidariedade foi lançado pelo o ícone anticomunista e ex-presidente polonês Lech Walesa. A premiação foi criada em 2014 para marcar o 25° aniversário das eleições semi-livres polonesas de 1989, sinalizando o fim do comunismo no bloco soviético.

Nemtsova trabalhava na emissora de televisão russa RBK, mas deixou o país em junho, após o assassinato do pai. Boris Nemstov era um dos principais críticos do presidente Vladimir Putin e, principalmente, da política do Kremlin em relação à Ucrânia e foi assassinado em 27 de fevereiro.

Atualmente,

Nemtsova

integra a equipe da redação russa da DW.

CN/ap/afp

Leia mais