1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Navio chinês naufraga com mais de 450 passageiros a bordo

Cinquenta barcos participam da operação de busca e salvamento, após navio ter afundado durante a noite no rio Yangtzé devido ao mau tempo. Centenas de pessoas continuam desaparecidas.

A agência estatal de notícias chinesa Xinhua informou nesta terça-feira (02/06) que um navio com mais de 450 pessoas a bordo afundou na noite anterior no rio Yangtzé, no sudoeste da China.

Ao menos 406 passageiros estavam a bordo, além de cinco funcionários de uma agência de viagens e 47 membros da tripulação. A maioria dos passageiros do cruzeiro Eastern Star tinha entre 50 e 80 anos de idade.

Com base em informações da Administração da Navegação Fluvial, a agência de notícias chinesa informou que apenas 12 pessoas puderam ser salvas até o momento. Cinco corpos também foram retirados da água.

Mais de 3 mil pessoas e 50 barcos foram mobilizados para a operação de busca e salvamento. O vento forte e o nevoeiro dificultam o resgate dos passageiros a bordo.

Entre as pessoas salvas, estão o capitão e o engenheiro-chefe. Ambos apontaram um ciclone como motivo do naufrágio.

Passageiros podem estar presos

A emissora estatal CCTV afirmou que as equipes de busca escutaram sons vindo de dentro da embarcação parcialmente submersa, indicando que alguns passageiros podem estar presos em andares mais baixos do navio de quatro pavimentos.

A embarcação viajava de Nanquim para Chongqing, no sudoeste chinês, quando afundou, por volta das 21h30 desta segunda-feira (hora local) na província de Hubei. O Eastern Star levou apenas dois minutos para afundar.

O presidente Xi Jinping está a caminho do local e deu ordem para que todos os "esforços de resgate sejam feitos".

No início deste mês, 22 pessoas morreram em um naufrágio similar envolvendo um barco rebocador.

CA/ap/afp/dpa/rtr

Leia mais