1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Ciência e Saúde

Nasa colide duas sondas contra a superfície lunar

Após meses gravitando em torno da Lua para coletar informações, Ebb e Flow foram direcionadas contra uma montanha do satélite terrestre por cientistas da Nasa.

Duas sondas "gêmeas" da Nasa colidiram propositalmente contra o polo norte da Lua nesta segunda-feira (17/12), depois de passarem meses gravitando em torno do satélite terrestre para fins de pesquisa, anunciou a agência espacial norte-americana Nasa.

As sondas Ebb e Flow foram direcionadas contra o solo lunar por engenheiros da Nasa. O choque contra uma montanha aconteceu às 20h28 e 20h29 pelo horário de Brasília, a uma velocidade de 1,7 quilômetro por segundo. O local da colisão foi nomeado Sally K. Ride, em homenagem à primeira astronauta americana no espaço. Ela morreu no início deste ano.

Durante o período em que gravitaram em torno da Lua, as sondas coletaram mais de 115 mil imagens da superfície lunar, gerando o mais completo mapa gravitacional de um corpo celeste. Segundo os cientistas, o mapa vai ajudar a entender como a Terra e outros planetas rochosos do sistema solar se formaram e evoluíram.

Além disso, as sondas também coletaram informações sobre o interior da Lua. Os cientistas sabem agora, por exemplo, que a crosta lunar é mais fina do que se imaginava. Dados recolhidos pelas sondas também corroboram a teoria de que a Terra já teve duas luas, que acabaram colidindo uma contra a outra.

Ebb e Flow foram lançadas ao espaço em setembro de 2011 e orbitavam em torno da Lua desde janeiro deste ano. As sondas, que tinham o tamanho aproximado de uma máquina de lavar roupas, faziam parte da missão Grail, a 110ª missão de exploração da Lua, orçada em 500 milhões de dólares.

AS/afp/ap/dapd
Revisão: Francis França

Leia mais