1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Naldo garante título de outono ao Werder Bremen

Golaço do brasileiro garantiu a vitória de 2 a 1 do Werder Bremen sobre o Wolfsburg. Equipe com o melhor ataque da Bundesliga leva o título de campeão do primeiro turno. Leverkusen derrota Borussia Dortmund por 2 a 1.

default

Klasnic, Frings, Klose e Jensen (autor do primeiro gol) comemoram vitória do Bremen

Com um golaço de Naldo, o Werder Bremen conquistou pela sexta vez o título simbólico de campeão do primeiro turno da Bundesliga, ao derrotar o Wolfsburg por 2 a 1, neste domingo (17/12). Disputadas 17 rodadas da edição 2006/2007, o Bremen está empatado em 36 pontos com o Schalke (2º colocado), mas leva vantagem no saldo de gols – 25 contra 12 do Schalke.

O Wolfsburg, com a melhor defesa da Bundesliga, não facilitou as coisas para a equipe mais ofensiva do futebol alemão. Com um espetacular gol de bicicleta, Jensen abriu o placar para o Bremen aos 17min do primeiro tempo.

Fußball-Bundesliga, 16. Spieltag, Werder Bremen - Eintracht Frankfurt - Naldo

Naldo marcou o 2 a 1 para o Bremen

Depois que Diego desperdiçou um pênalti aos 34min (cobrou no poste), os "lobos" do Wolfsburg empataram através de Boakye, aos 41min da primeira etapa. A quatro minutos do apito final, Naldo, cobrando falta, mandou uma bomba indefensável para o goleiro Jentzsch, destaque do Wolfsburg no jogo.

Na segunda partida deste domingo, o Bayer Leverkusen derrotou o Borussia Dortmund por 2 a 1 na casa do adversário. Diante de 66.155 torcedores no estádio Signal Iduna-Park, Voronin abriu o placar aos 24min do primeiro tempo. Kiessling ampliou para 2 a 0, aos 29min do segundo tempo. A cinco minutos do final, Amedick marcou o gol de honra do Dortmund. O resultado deixou o Leverkusen em 6º e o Dortmund em 9º lugar na tabela.

Retrospectiva: estrangeiros e talentos alemães

O Werder Bremen completou as 17 rodadas do primeiro turno mostrando o melhor futebol da atual temporada da Bundesliga, que ainda está aquém das expectativas geradas pela Copa do Mundo na Alemanha, mas já provocou algumas surpresas.

Principalmente Diego, como armador e autor de oito gols, e Naldo, com seis gols, fizeram a diferença para o Bremen. Diego é considerado até o momento o melhor reforço da Bundesliga 2006/2007. Além disso, o Werder Bremen conta com o atacante Klose, que, com 10 gols, divide a artilharia do campeonato com Pantelic, do Hertha Berlim.

Apesar da forte presença de estrangeiros nos clubes da Primeira Divisão, alguns jovens talentos nacionais se destacaram no primeiro turno, alimentando as esperanças do técnico da seleção alemã, Joachim Löw. Entre eles estão Gómez e Tasci (Stuttgart), Boateng (Hertha Berlim), Schlaudrauf (Alemannia Aachen) e Otl (Bayern de Munique). Até agora, porém, apenas Schlaudraff foi convocado por Löw.

Podolski decepciona

Fußball-Bundesliga, FC Bayern München - Hertha BSC Berlin, 7. Spieltag

Momentos como este foram raros para Podolski no primeiro turno

Uma das estrelas alemãs na Copa, Lukas Podolski, que deixou o Colônia na Segunda Divisão por 10 milhões de euros, ainda não conseguiu emplacar no Bayern de Munique. Junto com seu amigo Schweinsteiger, ele deveria revolucionar o clube da capital bávara.

Até o momento, ou Podolski esteve contundido ou ficou aquecendo o banco. Resultado: com um futebol burocrático, sem emoção, o Bayern perdeu o domínio absoluto da Bundesliga, foi derrotado pelo Hannover, Armínia Bielefeld, Wolfsburg e Bremen no primeiro turno e se encontra em 3º lugar na tabela.

Técnicos balançam, mas não caem

Paolo Guerrero and Thomas Doll HSV gegen Leverkusen

Doll (d) segura-se no atacante Guerrero: balança, mas não cai

Além da luta pelo primeiro lugar antes do recesso de inverno, o assunto dominante deste final de semana foi a crise do Hamburgo, cujo técnico Thomas Doll é um sério candidato à demissão. Segundo o jornal Hamburger Abendblatt , o clube já teria um plano secreto para trocar Doll por Ottmar Hitzfeld (ex-técnico do Borussia Dortmund e do Bayern de Munique).

Outros três técnicos que balançam há tempo, mas ainda contam com o apoio da direção de seus clubes são Jupp Heynckes (Borussia Mönchengladbach), Bert von Marwirijk (Borussia Dortmund) e Jürgen Klopp (Mainz) – que não vence há 16 rodadas. O único que caiu no primeiro turno foi o "revolucionário" Peter Neururer, no Hannover, substituído por Dieter Hecking.

Violência e rublos

Deutschland Russland Gazprom Schalke 04 Wladimir Putin

Schalke ganha injeção de rublos, com a bênção de Putin (d), e boicota a imprensa

Depois da festa da hospitalidade alemã na Copa, uma das constatações mais tristes do primeiro turno da Bundesliga e da Copa da Alemanha – disputada paralelamente – foi a volta da violência e da xenofobia aos estádios alemães. Em Rostock, torcedores do time local da Segunda Divisão xingaram o atacante Gerald Asamoah, do Schalke e da seleção alemã.

O brasileiro Kahê, do Borussia Mönchengladbach, foi vítima de ataques xenófobos de torcedores do Alemannia Aachen. Em Stuttgart, um bandeirinha foi derrubado por uma lata de cerveja, lançada por um torcedor. A Federação Alemã de Futebol (DFB) reagiu com punições aos clubes, a criação de uma força tarefa contra a xenofobia e a contratação de uma encarregada pela integração.

Em outubro, o Schalke anunciou que a Gazprom, maior companhia de gás do mundo, será sua principal patrocinadora. O grupo russo prometeu investir, nos próximos cinco anos e meio, 125 milhões de euros no clube da região carbonífera da Renânia do Norte-Westfália.

Críticos temem que os russos terão forte influência sobre o clube alemão contemplado com os rublos. "Em sinal de boas-vindas ao novo dono, o Schalke retomou a velha tradição da censura. Descontentes com o noticiário sobre seu trabalho, os profissionais do clube passaram a boicotar a imprensa", escreveu o jornal Welt am Sonntag . Por incrível que pareça, os resultados do Schalke no gramado melhoraram após o boicote.

Depois do recesso de inverno, a bola volta a rolar na Bundesliga em 26 de janeiro de 2007, com o clássico Borussia Dortmund contra Bayern de Munique.

Leia mais