1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Jogos Olímpicos

Nadando contra o próprio desempenho

A campeã mundial de natação Hannah Stockbauer amarga a pior fase de sua carreira em um dos mais importantes eventos do esporte. Nas Olimpíadas de Atenas, a alemã perdeu a chance de uma medalha nos 400m e nos 800m.

default

Hannah Stockbauer: carreira em declínio?

A nadadora Hannah Stockbauer não escondeu a imensa frustração que sentiu depois de amargar um 14º lugar na prova classificatória dos 800 metros nado livre nesta quinta-feira (19/08). "No momento estou apenas triste", disse a pentacampeã mundial, de 22 anos, olhando para o chão.

Um ano depois de conquistar três títulos no Mundial de Natação em Barcelona, a campeã mundial de 2001 e européia em 2002 não conseguia entender o fraquíssimo desempenho. A prova dos 800 metros era sua última esperança de uma medalha nas Olimpíadas de Atenas, depois de ter perdido a chance na prova dos 400 metros, disputada no domingo (15/08).

Sem explicação plausível

A imprensa alemã já começou a especular. Terá sido a pressão para a conquista de uma medalha, ou foram os intensivos treinos que tiraram a energia da nadadora que já foi agraciada com o título de Esportista do Ano na Alemanha? "Eu não tenho explicação, em alguns treinos para os Jogos Olímpicos consegui inclusive nadar mais rápido do que nos preparativos para o Mundial. Tudo estava tão bem. Eu agora não tenho vontade de ficar me preocupando em achar uma razão."

Stockbauer completou a prova dos 800 metros nado livre em 8min38seg17, bem aquém de sua melhor marca, 8min23seg66 e com significativa diferença de tempo da vencedora, a francesa Laure Manaudou (8min25seg91). A francesa, aliás, ficou com a medalha de ouro nos 400 metros nado livre, com a marca de 4min05seg34. Nesta prova, Stockbauer, tida como a favorita, ficou em 12º lugar (4min10seg46). Sua esperança de uma revanche e de mostrar ao mundo que ainda é uma estrela da natação foi por água abaixo. Nem a conquista da medalha de ouro na prova de revezamento em equipe 4x200 metros nado livre pode superar este fracasso.

Indícios ignorados

Recentemente a nadadora começou a apresentar indícios de que sua carreira não ia tão bem quanto ela própria gostaria de acreditar. Em junho, no Campeonato Alemão de Natação disputado em Berlim, Stockbauer não competiu com toda a garra e frescor que lhe eram peculiares.

As medidas tomadas por seu treinador, Roland Böller, também não foram realmente eficazes para reverter o quadro. A atleta chegou a emagrecer dois quilos e meio a mais para atingir o peso ideal para Atenas, embora isto não tenha contribuído para que seu desempenho melhorasse durante os treinos em Sierra Nevada.

Decepção e lágrimas

Böhler, que sempre achou que tudo estava sob controle, só conseguiu sacudir os ombros e abraçar a nadadora depois da prova. Todos da equipe alemã estavam pasmos ao constatar que a favorita não tinha conseguido se classificar para a final dos 800 metros nado livre. A única representante alemã será Jana Henke que, com a marca de 8min31seg06, chegou em quinto lugar e garantiu presença na final.

"O grande choque foi perceber que na hora em que entrei na água estava realmente mal. Especialmente as pernas me doíam muito", confessou Stockbauer. As nadadoras alemãs, conforme comprova o baixo desempenho de outra grande estrela, Franziska van Almsick, não estão passando por uma fase brilhante, para decepção dos fãs que depositavam nelas a esperança de muitas medalhas nestas Olimpíadas.

Leia mais