1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Nürnberg retorna à liderança com derrota do Bayern

Bávaros perdem para o lanterna do campeonato e deixam o topo da tabela de classificação. Werder Bremen vence o Borussia Mönchengladbach por 3 a 0 e se recupera na Bundesliga.

Mike Hanke, autor do gol do Wolfsburg, disputa a bola com o brasileiro Lúcio

Mike Hanke, autor do gol do Wolfsburg, disputa a bola com o brasileiro Lúcio

Ao menos até este domingo (1º/10), o Nürnberg voltou à liderança da Bundesliga. O clube, que segue invicto na competição, empatou em 1 a 1 com o Mainz e soma agora dez pontos, com saldo de quatro gols. Werder Bremen, Schalke e Bayern também têm dez pontos, mas saldo inferior. O Schalke jogará neste domingo e, se vencer, assumirá de forma isolada a liderança do torneio.

O Bayern tropeçou diante do lanterna da competição, o Wolfsburg, jogando na Volkswagen Arena. O único gol da partida foi marcado por Mike Hanke, aos 36min iniciais. No segundo tempo, o treinador Felix Magath tornou o Bayern mais ofensivo, com as entradas de Roque Santa Cruz, Ali Karimi e Lukas Podolski, mas as tentativas foram em vão. Foi a primeira vitória do Wolfsburg na temporada.

Bundesliga 6. Spieltag 1. FC Nürnberg gegen FSV Mainz 05

Marek Mintal, do Nürnberg, e Milorad Pekovic, do Mainz

Já o novo líder, o Nürnberg, não conseguiu mais do que um empate em casa jogando contra o Mainz. É a nona partida consecutiva sem derrota da equipe do técnico Hans Meyer. O gol dos donos da casa foi marcado por Jan Polak, aos 24min. Aos 28min, a estrela Robert Vittek desperdiçou um pênalti que poderia ter garantido a vitória e a liderança isolada. O Nürnberg vencia a partida até os 40min do segundo tempo, quando Christof Babatz empatou. Mesmo com o pênalti desperdiçado e o gol do Mainz no final do jogo, o Nürnberg é líder da Bundesliga, ao menos até este domingo.

Diego marca

Bundesliga 6. Spieltag SV Werder Bremen gegen Borussia Mönchengladbach

Miroslav Klose e o português Zé Antônio

O Werder Bremen liquidou o Borussia Mönchengladbach por 3 a 0 jogando no Weserstadion, em Bremen. Os gols saíram todos no primeiro tempo, num intervalo de cinco minutos. Aaron Hunt, aos 33min, Christian Schulz, aos 35min, e Diego, que voltou a brilhar, aos 38min, acertaram as redes do Gladbach. O gol do brasileiro aconteceu numa cobrança perfeita de falta. O resultado encerrou a série de jogos sem vitória do Bremen e recolocou o clube entre os primeiros na tabela de classificação.

Já a outra grande força do norte da Alemanha, o Hamburgo, conseguiu ao menos impedir que a crise se aprofundasse. A equipe se esforçou para voltar de Frankfurt com um empate em 2 a 2. Dois ex-jogadores do Hamburgo, Alexander Meier (36min iniciais) e Ioannis Amanatidis (13min finais) colocaram o Frankfurt duas vezes na frente no placar. Danijel Ljuboja (6min do segundo tempo) e Boubacar Sanogo (24min da etapa final) empataram a partida. Com o resultado, o Hamburgo está a 13 jogos sem vencer e ocupa a 16ª colocação na tabela, dentro da zona de rebaixamento.

Aachen e Arminia vencem

Bundesliga 6. Spieltag Alemannia Aachen gegen VfL Bochum

Nico Herzig, do Aachen, e Fábio Júnior, do Bochum

Nos outros jogos deste sábado, o Arminia Bielefeld derrotou o Energie Cottbus por 3 a 1. O primeiro gol foi do Cottbus, marcado por Vlad Munteanu aos 21min do primeiro tempo. Na etapa final, o Arminia se impôs e virou o jogo com os gols de Sibusiso Zuma (3min), Artur Wichniarek (17min) e Ioannis Masmanidis (29min).

O Alemannia Aachen encostou nos líderes com a vitória de 2 a 1 sobre o Bochum, a primeira em 46 anos. Zvjezdan Misimovic, aos 36min de jogo, colocou o Bochum na frente no placar. Jan Schlaudraff, aos 3min do segundo tempo, e Sascha Rösler, apenas um minuto depois, viraram o jogo.

Neste domingo, completando a rodada, o Schlake enfrentará o Bayer Leverkusen. Se vencer, a equipe dos brasileiros Marcelo Bordon, Lincoln e Rafinha assumirá a liderança isolada. Quem também pode chegar à liderança é o Hertha Berlim, caso consiga superar o Stuttgart em casa e o Schalke não vença.

Leia mais