1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Número de refugiados sírios no exterior chega a meio milhão

De acordo com a ONU, guerra civil já obrigou centenas de milhares de sírios a buscar refúgio em países vizinhos. Apenas 40% deles estão em acampamentos. Líbano e Jordânia são os principais destinos.

A Jordanian army car carrying Syrian refugees fleeing violence in their country after they crossed into Jordanian territory with their families from Syria into Jordan, near the town of Ramtha September 15, 2012. REUTERS/Muhammad Hamed (JORDAN - Tags: POLITICS CONFLICT SOCIETY IMMIGRATION)

Flüchtlinge aus Syrien auf dem zum Jordan

O número de refugiados sírios em países vizinhos já ultrapassou a marca de meio milhão de pessoas, segundo números divulgados pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) nesta terça-feira (11/12).

De acordo com a nota divulgada em Genebra, na Suíça, 425.160 pessoas já se registraram no Líbano, na Jordânia, no Iraque, na Turquia e em países do norte da África. Outros 84.399 aguardam registro. O total é de 509.559 pessoas.

O Acnur divulgou ainda que o número de refugiados sírios no exterior cresceu em média 3.200 por dia em novembro. Cerca de mil sírios atravessaram a fronteira com a Jordânia apenas nas duas últimas noites.

Somente 40% dos refugiados estão vivendo em acampamentos, de acordo com a agência. A maioria vive com famílias, em alojamentos alugados ou em centros coletivos. Nos países do norte da África e no Líbano não existem acampamentos.

No Líbano há 154.387 refugiados sírios registrados. Na Jordânia, 142.664. Na Turquia, o número é de 136.319. No Iraque são 65.449. No Norte da África, 11.740.

O número total de refugiados deve ser muito maior, segundo a agência da ONU, porque muitos sírios cruzaram a fronteira rumo a países vizinhos, mas não conseguiram se registrar como refugiados. Neste grupo estão cerca de 100 mil pessoas na Jordânia, 70 mil tanto na Turquia como no Egito e outros milhares no Líbano.

Para a Jordânia, segundo o Acnur, estão indo cada vez mais idosos e crianças. Atualmente, 60% dos recém-chegados são menores de idade, muitos deles sem parentes adultos. Com a temperatura em queda, as organizações de ajuda humanitária têm distribuido cobertores num dos maiores de campo de refugiados do país, o de Za'atri. Nesta segunda-feira, o Conselho Norueguês de Refugiados em Za'atri fez a primeira entrega de aquecedores a gás para serem instalados nas tendas.

CN/rtr/kna/lusa
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais