1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Não dá mais para tropeçar

Equipes alemãs pegam gigantes do futebol europeu na segunda fase da Liga dos Campeões. Qualquer vacilo poderá custar a continuidade na milionária competição. Trio alemão na Copa da Uefa ainda leva vantagem.

default

Borussia Dortmund e Bayer Leverkusen estão entre os grandes clubes alemães, mas no cenário europeu pertencem ao segundo esquadrão. Para chegarem às quartas-de-final da Liga dos Campeões, vão ter de superar times de alto prestígio. Ou seja, cada ponto perdido será praticamente irrecuperável. Não vencer em casa está proibido.

Vice da última Liga dos Campeões, o Bayer Leverkusen caiu no Grupo A da segunda fase, conforme sorteio realizado nesta sexta-feira pela Uefa. O time, que não vai bem no Campeonato Alemão, estreará no BayArena contra o Barcelona. No ano passado, os dois clubes se enfrentaram na primeira fase e o Leverkusen conseguiu vencer em casa. Nesta temporada, porém, o time espanhol foi o único a vencer todas as seis primeiras partidas.

O segundo osso duro será a Inter de Milão. O encontro é inédito. A equipe italiana vem de anos de marasmo, mas nesta temporada está a mil e lidera o campeonato nacional de seu país. O Grupo A tem ainda o Newcastle United, que surpreendeu ao classificar-se na última rodada para a segunda fase.

Borussia Dortmund – O campeão alemão não teve melhor sorte, embora vá estrear no Grupo C contra o adversário teoricamente mais fraco, em Moscou, o Lokomotive. A equipe russa surpreendeu ao conquistar sua vaga na segunda fase no último jogo. É a primeira vez que se classifica na primeira etapa.

O caldo engrossa na segunda rodada, quando o Borussia, de Amoroso, receberá o Milan, de Rivaldo. A equipe italiana chega à segunda fase com o prestígio de ter vencido o grupo mais difícil da primeira fase (La Coruña, Lens e Bayern de Munique). O terceiro adversário será nada menos que o campeão da Liga, o Real Madrid. Mas, apesar de ter Ronaldo, Roberto Carlos, Zidane, Raul e Figo, o time espanhol só venceu duas partidas da primeira fase, num grupo em que era franco favorito (Roma, AEK Atenas e Genk).

Copa da Uefa – Na segunda mais importante competição européia, os times alemães ainda podem ser cotados como favoritos na terceira fase. Depois de eliminar o Legia de Varsóvia, o Schalke terá de novo um adversário da Polônia, o Wisla. O time de Cracóvia merece o respeito de quem despachou o Parma.

O Stuttgart enfrentará o Bruges, líder do Campeonato Belga e que o tirou da Copa da Uefa de 1998/1999. A equipe alemã sonha com a revanche contra o time vindo da Liga dos Campeões.

Dos alemães, o Hertha Berlim é o único que fará a primeira partida em casa, contra o Fulham, da Inglaterra. Se no campeonato nacional os ingleses vão mal, na Copa da Uefa despacharam soberanos o Dínamo Zagreb com duas vitórias.

Leia mais