1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Munique é mais do que festa e cerveja

Com cerca de 1,3 milhão de habitantes, Munique conta com opções de cultura, esporte e lazer para públicos de todas as idades e gostos.

default

A Frauenkirche (esq.) e a prefeitura de Munique, no centro da cidade

Grüss Gott. Ao entrar num café, restaurante ou loja em Munique, é o primeiro cumprimento que se recebe. Este é o bom dia ou a boa tarde do cidadão bávaro e significa literalmente "Que Deus o saúde" (ou, é claro, "abençoe").

Munique, a capital do Estado da Baviera, com cerca de 1,3 milhão de habitantes, não é só tradicional pela cerveja, pelos Trachten (roupas típicas usadas pelos bávaros especialmente durante a Oktoberfest) e pelo aspecto festeiro e alegre da população. A cidade conta com diversas opções de cultura, lazer e esportes.

Na Marienplatz, a praça central da cidade, a prefeitura ( Rathaus) é a grande atração dos turistas. Todos os dias, centenas de pessoas se reúnem no local para apreciar o Glockenspiel, famoso carrilhão de Munique, situado no alto da fachada principal. Pontualmente às 11, 12 e 17 horas, durante 8 minutos, os 43 sinos executam um show.

São grandes bonecos de madeira que se movem acompanhados por músicas, representando momentos importantes da história, como o casamento de Wilhelm V e Renata von Lothringen em 1568, e dançarinos comemorando o fim da peste que assolou o país em 1517.

Entre as igrejas, destaca-se a Frauenkirche (Igreja de Nossa Senhora), inaugurada em 1494, considerada o símbolo da cidade.

Para quem quer fazer compras, a Kaufingestrasse, rua localizada diretamente em uma das saídas do metrô (U-Bahn), na Marienplatz, conta com lojas de departamento como a galeria Kaufhof e a Karstadt, além de eletrônicos como a Saturn e vestuário como a H&M e Zara. Cafés, bares e restaurantes estão espalhados pelo centro da cidade e principais pontos turísticos.

Na Odeonsplatz, ao lado de Marienplatz, estão os cafés e as lojas de grife mais chiques da cidade.

Teatros não faltam na capital bávara. No Deutsches Theater acontecem apresentações de musicais internacionais famosos, peças e óperas.

Na Ópera de Munique, espetáculos de dança e música são apreciados pelos que admiram a arte.

Cervejarias

Kellnerin mit einem Arm voller Maß im Hofbräuhaus

Garçonete da Hofbräuhaus, carregando canecões de um litro para servir os clientes

Para quem gosta de uma boa cerveja, existem 900 bares ( Kneipe) e cervejarias, além de 80 Biergarten (cervejarias ao ar livre) espalhados pela cidade. A cervejaria mais famosa é a Hofbräuhaus, fundada em 1589.

A Augustiner é freqüentada principalmente pelo público mais velho, a partir de 40 anos. A Löwenbräu tem como freqüentadores assíduos jovens e estudantes.

Para os turistas que não estão acostumados a tomar meio ou um litro de Weissbier (cerveja de trigo), há cervejarias que oferecem copos de 250 ml para os "iniciantes".

Nos restaurantes e bares tradicionais alemães, o cardápio típico é composto de carne de porco, chucrute, repolho roxo e batata. De sobremesa, as tortas com frutas vermelhas e massa folhada com recheio de maçã e creme chantilly são boas pedidas.

Museus e castelos

Para que gosta de ciência e tecnologia, o Museu Alemão (Deutsches Museum), agrega a maior coleção de história das ciências naturais e da técnica no mundo.

Cultura pode ser apreciada na Pinacoteca Antiga (Alte Pinakothek), que abriga uma das coleções mais importantes e antigas do mundo, com obras-primas do século 14 ao final do século 18. Ao lado dela, fica a Nova Pinacoteca (Neue Pinakothek) com pinturas e esculturas da Europa da segunda metade do século 18 até o início do século 20.

Inaugurada em 2002, a Pinacoteca Moderna (Pinakothek der Moderne), possui coleções de artes plásticas, arquitetura, design e gravura, distribuídas em pelo menos 12 mil metros quadrados de área de exposição.

Entre castelos e palácios do "rei de contos de fada" baváro, Ludwig II, estão o de Herrenchiemsee, de Linderhof e de Neuschwanstein, construídos no estilo histórico do século 19, todos situados na região suburbana de Munique. O castelo de Nymphenburg, residência de verão dos reis e aristocratas bávaros, pode ser visto na própria cidade.

Ar puro e esporte

Os apreciadores da natureza encantam-se com o parque Englischer Garten (Jardim Inglês), que se estende por 2,2 quilômetros ao longo do Rio Isar. Existem opções para crianças e adultos, como passeios a pé, de bicicleta, barco e pedalinho. No parque, encontram-se ainda Biergarten (cervejarias ao ar livre) e Spielplätze (playgrounds para as crianças). Durante o verão europeu, pessoas de todas as idades tomam sol sobre o gramado do parque como se estivessem numa praia ou um clube. Para os mais desinibidos, o nudismo é permitido. Com uma temperatura que, nos dias mais quentes chega a 38 graus, muitos refrescam-se no Isar, rio que também é usado para prática de surf e windsurf pelos esportistas de plantão.

O Olympiapark (parque olímpico) oferece prática e aulas de natação, ginástica, tênis, patinação no gelo, esqui, skate e outros, a preços acessíveis. As partidas de futebol acontecem no Olympiastadium (estádio olímpico), ao lado do parque. Nas proximidades está localizada também a Olympiaturm (torre olímpica), de onde é possível ter uma visão panorâmica da cidade, a 90 metros de altura.

Além de ser rica em cultura e lazer, Munique é um moderno pólo econômico, considerada a cidade mais cara da Alemanha, sede de firmas como a BMW, a Siemens e a empresa aerospacial DASA.

Leia mais