1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Mundo dá adeus a Mandela

Quase cem chefes de Estado e governo marcam presença no tributo a Nelson Mandela na África do Sul. Dilma é a única representante da América do Sul a discursar na cerimônia ecumênica em homenagem ao líder africano.

"O mundo inteiro, no verdadeiro sentido da palavra, está vindo para a África do Sul", afirmou em Pretória o porta-voz do Ministério do Exterior sul-africano, Clayson Monyela, acrescendo que, entre os convidados, estão "reis e rainhas, príncipes e princesas". Segundo o porta-voz, isso é algo sem precedentes na história do país. Quanto à logística, no entanto, Monyela disse que o governo está diante de "uma tarefa muito difícil".

A homenagem ao ex-presidente da África do Sul morto na útlima quinta-feira (05/12) acontece num estádio de futebol com capacidade para 90 mil pessoas, em Johannesburgo. Além da presidente Dilma Rousseff, a única representante da América do Sul a falar na cerimônia, entre os oradores estão também os presidentes dos Estados Unidos, Barack Obama, de Cuba, Raúl Castro, da África do sul, Jacob Zuma, e o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon.

De acordo com o programa, o presidente da Índia, Pranab Mukherjee, da Namíbia, Hifikepunye Pohamba, e o vice-presidente chinês, Li Yuanchao, também estão previstos como oradores. Filhos e netos de Mandela também deverão tomar a palavra durante a cerimônia ecumênica.

Dilma embarcou no início da tarde de segunda-feira, acompanha dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor de Mello e José Sarney.

Lista ilustre de convidados

O presidente alemão, Joachim Gauck, o presidente francês, François Hollande, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, também confirmaram presença, como também os ex-presidentes americanos Jimmy Carter, Bill Clinton e George W. Bush.

Estrelas da música e da TV como a apresentadora americana Oprah Winfrey, o músico Bono e o cantor Peter Gabriel também anunciaram presença.

O corpo de Mandela não está sendo velado no estádio. Emissoras de TV de todo o mundo estão cobrindo a homenagem a Mandela. Na África do Sul, a cerimônia será transmitida por telões em 90 localidades, como também em três estádios de futebol.

Após a cerimônia de homenagem, o corpo de Nelson Mandela será velado no mesmo edifício de Pretória, onde ele se tornou o primeiro negro a prestar juramento como presidente sul-africano. O então está previsto para acontecer no domingo, em Qunu, cidade natal de Mandela.

CA/abr/dpa/epd/rtr

Leia mais