1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Multinacionais investem mais em pesquisa na Alemanha

País é vice-líder mundial em atrair recursos de conglomerados transnacionais para desenvolvimento de novas tecnologias.

default

Pesquisa industrial na Alemanha

A Alemanha é o segundo país do mundo, ao lado do Reino Unido e atrás dos Estados Unidos, em que as empresas multinacionais mais investem em pesquisa e desenvolvimento tecnológico. Depois de um longo período de estagnação, no início dos anos 90, os investimentos nesse setor aumentaram de 30,5 bilhões de euros em 1996 para 44 bilhões de euros em 2001.

As informações constam de um relatório do Instituto Econômico Alemão (DIW), de Berlim. "A Alemanha é um dos países líderes nas atividades de pesquisa e desenvolvimento de empresas internacionais", diz o instituto.

Segundo o DIW, o temor dos anos 90, de que a Alemanha deixaria de ser um grande centro tecnológico, em vista da transferência de atividades de pesquisa da indústria alemã para o exterior, não se concretizou. Os grupos estrangeiros teriam ampliado o potencial de inovação tecnológica do país.

Barreiras - O Instituto Econômico Alemão propõe ao governo que adapte melhor o sistema nacional de pesquisa à crescente internacionalização da economia, derrubando barreiras que prejudicam as atividades multinacionais e gerando um crescimento da demanda de novos produtos no mercado alemão.

Para fomentar a mobilidade da mão-de-obra qualificada, o DIW defende mudanças nas leis trabalhistas e de imigração da Alemanha. "Além disso, é preciso garantir a igualdade de acesso aos recursos nacionais de fomento à pesquisa para todas as empresas sediadas no país", conclui o relatório.