1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Muita esperança e emoção

Michael Schumacher venceu o GP da Itália, retomou a liderança do campeonato e agora luta pela sexta vitória na Fórmula 1. A duas corridas da final, suas chances são boas embora tenha adversários em seu encalço.

default

Futuro hexacampeão?

"Este foi um belo dia em minha carreira", definiu o piloto alemão Michael Schumacher após a vitória no circuito de Monza, neste domingo (14/09). O pentacampeão de Fórmula 1 tem motivos de sobra para estar satisfeito. Desde o GP do Canadá, disputado dia 15 de junho, Schumacher não vencia uma corrida.

Com o resultado de hoje, ele acumula 5 vitórias nesta temporada, recobra a liderança do campeonato e vislumbra sua sexta vitória na F1, algo inédito na história do automobilismo. De quebra, o alemão deu uma alegria extra à escuderia Ferrari, que comemorou em solo pátrio sua 50ª vitória.

Ao conquistar a pole position na classificação de sábado, Schumacher estava confiante de que a disputa de hoje lhe seria favorável. Apesar da constante pressão de Pablo Montoya, da Williams-BMW, durante quase todo o percurso, o alemão conseguiu manter a calma e garantir a primeira colocação (a 69ª de sua carreira), com apenas 5,2 segundos de vantagem. O terceiro lugar ficou com seu colega de equipe, o brasileiro Rubens Barrichello.

O retorno triunfal às pistas após um período de menor destaque é mérito também do esforço de sua escuderia, salientou Schumacher. Ele lembrou que a equipe trabalhou com especial dedicação nas últimas semanas para deixar o carro em perfeito estado.

Pode ser que sim

Schumacher Saison 2003 Nürburgring Michael Schumacher

Michael Schumacher

A duas corridas da final da temporada, Michael Schumacher pode conquistar sua sexta vitória na Fórmula 1. Sobre esta possibilidade, o piloto alemão prefere sair pela tangente. "Eu acho que nada está definido. Nós melhoramos nossa situação e pretendemos nos fortalecer ainda mais".

Com 82 pontos na classificação geral, ele tem apenas 3 pontos de vantagem sobre Montoya (79) e 7 pontos a mais do que o terceiro colocado, Kimi Raikkonen (75). Em outras palavras, Schumacher terá que batalhar muito nos dois últimos GPs, dos Estados Unidos e do Japão, para quebrar mais um recorde no automobilismo.

Ralf de fora

O irmão mais novo de Michael, Ralf Schumacher, da Williams, decidiu ficar de fora do GP da Itália por recomendação médica. "Eu nunca desisti de uma corrida em minha carreira, mas a segurança e a saúde têm prioridade", disse Ralf, que ainda se recupera da forte batida que sofreu no último dia 2 durante os testes coletivos no circuito italiano. "Foi a decisão mais sensata que ele poderia tomar", elogiou Michael.

Fazendo as contas

Michael Schumacher

Schumacher e sua Ferrari

A vitória deste domingo assanhou a imprensa alemã, que já está fazendo os cálculos sobre a possibilidade de Michael Schumacher garantir antecipadamente o título de hexacampeão de F1 no penúltimo GP, que será disputado no circuito de Indianápolis no próximo dia 28 de setembro.

Segundo a contagem, Michael pode ser o campeão da temporada no GP dos Estados Unidos se vencer e Montoya chegar no máximo em sexto e Raikkonen não passar do terceiro lugar. A outra chance seria Schumacher chegar em segundo e seus principais adversários, Montoya e Raikkonen, não passarem da oitava e da quarta colocação respectivamente. As disputas finais prometem muita emoção.

Leia mais

Links externos