1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Mubarak enfrenta novo processo por corrupção

Ex-presidente egípcio se declara inocente em abertura de novo julgamento em que é acusado, junto com seus filhos Alaa e Gamal, de desvio de verbas públicas. Juiz suspendeu sessão, que será retomada em 29 de abril.

O ex-presidente egípcio Hosni Mubarak se declarou inocente no começo de um novo processo por suposta corrupção, em que ele é julgado juntamente com seus filhos Alaa e Gamal.

A promotoria acusa Mubarak e seus filhos de desviarem o equivalente a cerca de 12 milhões de euros em dinheiro público para o patrimônio familiar. Os filhos de Mubarak também se declararam inocentes durante o primeiro dia de julgamento, realizado no Cairo, neste sábado (04/04).

O juiz suspendeu o julgamento, que será retomado em 29 de abril.

O ex-mandatário, atualmente com 86 anos, governou o Egito desde 1981, até ser deposto por uma revolução popular em 2011. Ele foi condenado a três anos de prisão por esta mesma acusação no ano passado. Os filhos dele foram condenados a quatro anos, cada um.

Mas a sentença foi anulada em janeiro, depois de uma apelação, e o tribunal competente determinou que fosse realizado novo julgamento.

Na sexta-feira começou no Cairo outro julgamento contra Mubarak, pela morte de mais de 800 manifestantes pouco antes de sua derrubada do poder. Mubarak foi condenado à prisão perpétua neste caso,

mas foi posteriormente absolvido

.

Mubarak passou por diversos julgamentos após deixar o poder, mas não foi condenado definitivamente em nenhum deles. Formalmente, o ex-chefe de governo está em liberdade, embora siga residindo num hospital militar da capital egípcia. Seus filhos também foram libertados no final do ano passado.

MD/dpa/rtr

Leia mais