1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Morte de jovem negro em Ferguson completa um ano

Desarmado e com as mãos para cima, Michael Brown foi alvejado diversas vezes por um policial. Morte levantou debate sobre preconceito racial nos EUA e gerou série de protestos violentos. Familiares prestam homenagens.

Há exatamente um ano, Michael Brown, de 18 anos, foi morto por um policial na cidade de Ferguson, no estado do Missouri. A polícia argumentou que o jovem afro-americano teria tentado roubar diversos pacotes de cigarrilhas de uma loja e se comportado de forma "agressiva", antes de ser alvejado. Mas testemunhas relataram outra versão: ao receber os tiros, Brown estava com as mãos para cima e desarmado.

Neste sábado (08/08), centenas de pessoas marcharam pelas ruas de Ferguson na véspera do primeiro ano da morte de Brown. Conduzida pelo pai do jovem, a passeata percorreu uma das avenidas que foi palco de uma série de protestos violentos em novembro do ano passado, depois de a Justiça ter decidido não indiciar o policial Darren Wilson. Protestos também ocorreram em Nova York, Chicago, Seattle, Los Angeles, Oakland e Washington.

Os participantes ecoaram frases como "Mãos ao ar, não dispare" e "Fazemos isto por quem? Fazemos isto por Mike Brown". A marcha seguiu até a escola onde Brown estudava. No fim do protesto, alguns manifestantes pularam uma barricada montada pela polícia, mas não houve confrontos.

Para este domingo (09/08), estão previstas várias homenagens, inclusive, uma marcha silenciosa até uma igreja, onde será realizada uma missa em memória de Brown.

KG/ap/dpa/afp

Leia mais