1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Morre presidente da Faber-Castell

Conde de Faber-Castell, de 74 anos, conduziu a fabricante de lápis por quase quatro décadas. Empresa é uma das mais antigas do mundo e é comandada pela família desde a sua fundação, em 1761.

O presidente da Faber-Castell, conde Anton-Wolfgang von Faber-Castell, morreu nesta quinta-feira (21/01), ao 74 anos, em Houston, nos Estados Unidos, anunciou a empresa nesta sexta-feira em Stein, no sul da Alemanha. A causa da morte não foi revelada.

O conde de Faber-Castell era membro da oitava geração da família fundadora e conduziu a empresa por quase 40 anos. Ele nasceu em 7 de junho de 1941 em Bamberg, no sul da Alemanha. Formado em Direito, começou trabalhando como analista bancário em Londres e Nova York.

O conde assumiu o comando do Grupo Faber-Castell em 1978. Hoje a empresa emprega mais de 7.500 pessoas em todo o mundo, das quais 2.700 no Brasil. Para o atual ano fiscal, o grupo espera um faturamento recorde de mais de 600 milhões de euros.

A Faber-Castell é uma fabricante de material de escritório e é conhecida principalmente pelos seus lápis e lápis de cor. É uma das empresas mais antigas do mundo, fundada pela família Faber em 1761 em Stein, nas proximidades de Nurembergue.

A Faber-Castell está no Brasil desde os anos 1930. Em São Carlos, no interior de São Paulo, fica a maior fábrica de lápis de cor do mundo, com uma produção anual de 1,5 bilhão de unidades e exportações para cerca de 70 países.

AS/dpa/ots

Leia mais