1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Morre o rei Abdullah da Arábia Saudita

Monarca de mais de 90 anos falece em decorrência de uma pneumonia. Sucessor é o seu meio-irmão e príncipe herdeiro, Salman, que já exercia algumas responsabilidades do rei.

O rei Abdullah da Arábia Saudita morreu na primeira hora desta sexta-feira (23/01), pelo horário local. Ele foi vítima de uma pneumonia, segundo uma declaração oficial divulgada pela televisão.

O sucessor é o seu meio-irmão e príncipe herdeiro, Salman, que já exercia algumas funções do rei. Abdullah havia sido internado em dezembro.

Abdullah bin Abdulaziz al-Saud, cujo ano de nascimento se presume ser 1923 ou 1924, governou a Arábia Saudita como rei desde 2005, mas era o governante de facto desde 1995, depois de o seu antecessor, o rei Fahd (também um meio-irmão), ter sofrido um ataque que debilitou sua saúde.

Salman, de 79 anos, é príncipe herdeiro e ministro da Defesa desde 2012. Antes, ele havia sido governador da província de Riyad por cinco décadas. Salman imediatamente designou um príncipe herdeiro, o seu meio-irmão Muqrin, que ainda depende da aprovação do Conselho de Fidelidade. O gesto abriu especulações sobre a linha sucessória no país.

A Arábia Saudita é o maior exportador de petróleo do mundo e também um importante aliado e parceiro comercial dos Estados Unidos. A aliança entre os dois países inclui também o combate à rede terrorista Al Qaeda.

AS/rtr/afp/dpa