1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Morangos da China teriam causado surto gastrointestinal no leste alemão

Mais de 11 mil crianças e adolescentes foram atingidos pelo surto de contaminação gastrointestinal registrado em escolas de cinco estados do leste da Alemanha.

Morangos congelados estão sendo apontados como os responsáveis pelo maior surto de contaminação gastrointestinal da história da Alemanha, registrado no final de setembro em instituições de ensino do leste do país.

"Demos um grande passo adiante nas investigações", afirmou um porta-voz do Ministério da Alimentação, Agricultura e Defesa do Consumidor nesta sexta-feira (05/10). Ele destacou que ainda não há um prova laboral e que esta é muito difícil de ser alcançada.

Estudos mostraram uma relação "estatisticamente significante" entre o consumo de alimentos feitos com morangos congelados e a ocorrência de diarreia e vômito, conforme um comunicado divulgado pelas autoridades alemãs.

As autoridades suspeitam que a infecção tenha sido causada por norovírus, um tipo vírus que pode ser transmitido através da ingestão de alimentos crus manipulados por mãos infectadas. Esse vírus foi detectado em várias pessoas afetadas pelo surto.

Investigadores disseram à imprensa alemã que os morangos congelados possivelmente vêm da China. Um fornecedor teria fornecido a mercadoria à Sodexo, empresa responsável pelas cantinas das escolas afetadas, e duas outras empresas de refeições. Autoridades dizem que 44 toneladas de morangos congelados foram importadas da China, mas apenas uma parte estaria contaminada.

Mais de 11 mil pessoas contaminadas

Segundo um porta-voz do ministério, trata-se de uma epidemia alimentar semelhante à do Ehec, ocorrida recentemente na Alemanha e que deixou mais de 50 mortos.

O surto atingiu escolas e outros estabelecimentos de ensino nos estados da Saxônia, Brandemburgo, Berlim, Turíngia e Saxônia-Anhalt. Segundo o Instituto Robert Koch de virulogia, 11.200 casos foram registrados em 497 instituições até esta sexta-feira. Ao menos 32 pacientes necessitaram de atendimento hospitalar. Crianças e adolescentes são a maioria das vítimas.

A Sodexo pediu desculpas às famílias atingidas e anunciou indenizações, sem dar mais detalhes. Segundo as autoridades de segurança alimentar, não há indícios de que os morangos congelados também tenham ido parar em supermercados.

AS/dpa/rtr/dapd
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais