1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Monschau, uma cidade perdida no tempo

Típica cidade alemã que mal aparece no mapa, Monschau surpreende os que se aventuram pela região do Eifel.

default

Casas no estilo enxaimel dominam a paisagem de Monschau

Quem quer conhecer uma Alemanha diferente dos grandes centros urbanos como Colônia, Berlim e Hamburgo e mergulhar no passado precisa ter espírito de aventura, ser curioso e, acima de tudo, ter uma boa lupa. Muitos locais mágicos e intocados pelos tempos modernos quase não aparecem no mapa. E Monschau é um excelente exemplo.

Monschau - Rur

Rio Ruhr, que atravessa a cidade

Encravada no parque nacional mais jovem da país, a minúscula cidade de Monschau surpreende já na chegada. Protegida por penhascos e o verde da região do Eifel, os únicos sons que se propagam são o das águas do rio Rur e o do trenzinho que leva os turistas por um passeio pelo centro da cidade durante 30 minutos. Quem prefere ir a pé aproveita o contato direto com mais de 300 anos de história.

Primeiros registros

Monschau (na época Montjoie) foi citada pela primeira vez em 1198. Cento e cinqüenta anos mais tarde, foi reconhecida como cidade. A troca oficial de nome ocorreu em 1918 a partir de um decreto imperial. Até o século 19, a economia da região foi fortemente influenciada pela indústria têxtil, que teve seu início três séculos atrás.

Monschau - Rotes Rathaus

Rotes Haus

Devido ao poder econômico, os moradores de Monschau puderam se permitir um luxo: a construção de grandes casarões. Entre os pontos altos da arquitetura local está a Casa Vermelha (Rotes Haus), antiga residência e também loja da família Scheibler, que enriqueceu com a indústria.

Printen para todos os gostos

Os pouco mais de 13 mil habitantes se orgulham da conservação dos casarios em estilo enxaimel e de outro elemento muito representativo da região: o printen, biscoito típico e originário da cidade de Aachen (centro urbano distante cerca de 10km). A mistura básica de farinha, ovos, açúcar inclui também canela, anis, cravo da Índia, cardamomo (e outras variações até com pimenta e gengibre) e pode ser encontrada em quase todas as confeitarias e padarias da cidade.

Monschau Bäckerei

Padaria típica de Monschau

Uma característica que não se perdeu com o tempo é a forma em que a massa é moldada para ir ao forno. Durante o início da produção do printen, era freqüente o emprego de motivos religiosos, principalmente no começo do século 19. Mais tarde, os biscoitos apresentaram figuras militares. Para conservar o formato, os apreciadores da bolacha enfrentavam, no passado, um problema: a massa precisava ser mais consistente para manter a forma. Era uma questão de bons dentes...

A variedade cresceu com a introdução de ingredientes diferenciados, como nozes, amêndoas, ervas e marzipã, além de cobertura de chocolate e de açúcar de confeiteiro.

Paraíso da mostarda

Monschau - Marktplatz

Praça principal, onde turistas experimentam a mostarda

Também tradicional em Monschau é a mostarda. Há quatro gerações, a combinação perfeita para acompanhar a salsicha é produzida na cidade. Reserve um pouco de tempo para visitar a fábrica histórica com mais de 100 anos. Para os desavisados: não se assuste se, ao pagar por um souvenir, o proprietário da loja oferecer uma prova dos diferentes tipos de mostarda.

Tradição de vidro

A pequena cidade de Monschau tem uma grande tradição: a manufatura de objetos de vidro. Vasos, pratos, taças e uma infinidade de pequenas miniaturas feitas como que por mágica. Tudo graças às mãos e às técnicas de mestres vidreiros. O mais impressionante é que todo o trabalho pode ser observado pelo turista, desde o vidro incandescente até seu resfriamento.