Monsanto rejeita oferta de compra feita pela Bayer | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 24.05.2016
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Monsanto rejeita oferta de compra feita pela Bayer

Direção da empresa americana considera oferta de 62 bilhões de dólares muito baixa, mas afirma que mantém disposição para futuras negociações.

A empresa do setor agroquímico Monsanto comunicou nesta terça-feira (24/05) que rejeitou uma oferta de compra de 62 bilhões de dólares feita pelo grupo farmacêutico e químico alemão Bayer, que havia sido tornada pública nesta segunda. A decisão da direção foi unânime, afirmou a empresa americana.

Segundo o presidente da Monsanto, Hugh Grant, a proposta foi rejeitada porque o valor oferecido é muito baixo e por não deixar claro como a Bayer conseguiria financiá-lo nem como ela contornaria possíveis problemas regulatórios. A empresa alemã oferecera pagar 122 dólares por ação, um valor 37% superior em relação à cotação de duas semanas atrás.

Porém, a Monsanto afirmou que está disposta a manter as negociações. Se concretizado, o negócio – o maior da história da indústria alemã – criará a maior fabricante de herbicidas e sementes do mundo. A Monsanto é a líder mundial em herbicidas e sementes transgênicas.

AS/afp/ap/dpa/rtr

Leia mais