Moedas comemorativas de 2 euros atraem colecionadores | Notícias e análises sobre a economia brasileira e mundial | DW | 30.04.2008
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Moedas comemorativas de 2 euros atraem colecionadores

Os 15 países da União Européia que adotam o euro estão autorizados desde 2004 a cunhar anualmente uma nova moeda de 2 euros, o que atiça colecionadores e aumenta o valor comercial das peças.

default

Moeda comemorativa alemã de 2006 homenageia o estado de Schleswig-Holstein

A Alemanha é um dos países que decidiu fazer da oportunidade uma regra. O governo alemão cunha todos os anos uma nova moeda comemorativa de 2 euros. Junto com os outros 14 países da União Européia que têm o euro como moeda oficial, a Alemanha está autorizada a emitir novas moedas de 2 euros desde 2004.

A primeira moeda comemorativa da Alemanha foi emitida em 3 de fevereiro de 2006 e desenvolvida pelo designer Heinz Hoyer. A imagem retrata o portal Holstentor da cidade de Lübeck, em Schleswig-Holstein (no norte do país), e faz parte da coleção "Os Estados", que a cada ano apresenta outro estado da Alemanha.

A escolha segue o rodízio da presidência do Bundesrat (câmara alta do Parlamento alemão). Em 2007, as moedas trouxeram a imagem do Castelo de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental. Em 2008, a homenagem foi para Hamburgo, com a imagem da Igreja de São de Miguel. Na primeira edição, em 2006, foram emitidas mais de 30,8 milhões de peças.

Em 2009, a Alemanha lançará a moeda comemorativa do estado de Sarre. As imagens da Catedral de Colônia, da prefeitura de Bremen e do palácio bávaro de Neuschwanstein também estão nos planos para os próximos anos.

Grace Kelly

Cada um dos países da União Européia que tem o euro como moeda circulante é responsável pelo design e pela escolha do tema que deseja homenagear. Há também as moedas de comum acordo. Em 2007, por exemplo, todos os 15 países emitiram moedas com imagens que lembravam o Tratado de Roma.

Em 2009, a moeda de circulação comum dos 15 países comemorará os dez anos do início da união monetária. Serão emitidas, em toda a Europa, quase 90 milhões de moedas. O desenho que simbolizará a comemoração será escolhido por meio de uma votação na internet.

2 Euro Gedenkmünzen, 25 Todestag der Fürstin Gracia Patricia

Mônaco: homenagem a Grace Kelly

Não é de hoje que moedas são objetos de colecionadores. A cobiça por diferentes moedas e a escassez das peças aumentam o valor das unidades. Uma moeda de 2 euros pode valer muito mais do se pensa. É o que acontece com as edições especiais das moedas de Mônaco, que, mesmo não participando da União Européia, usa o euro como moeda corrente. A homenagem à atriz e princesa Grace Kelly cunhada em 2007 é tão difícil de encontrar que pode ser negociada por mais de 400 euros.

Na Eslovênia, que adotou o euro em janeiro de 2007, a moeda comemorativa de 2 euros vale até 30 euros nas lojas especializadas. Um rolo de 25 moedas cunhadas com o tema Tratado de Roma custa 650 euros, mesmo que o valor nominal não ultrapasse 50 euros.

Valor depende da quantidade

2 Euro Gedenkmünzen, Slovenien

Eslovênia: 650 euros por um rolo de 25 moedas

A diferença de valores de uma mesma moeda depende da quantidade de peças emitidas pelo país e da procura. Na Eslovênia, por exemplo, foram emitidas apenas 400 mil, fato que não ocorre na Alemanha, na Itália e na Grécia, que a cada edição comemorativa cunham cerca de 30 milhões de unidades de 2 euros.

A recente febre de colecionar moedas na Europa começou com a implantação do euro em 2002. Agora, com a cunhagem de uma moeda de 2 euros diferente todos os anos, o interesse pelo hobby deverá aumentar.

No Vaticano, em Mônaco e em San Marino – que não integram a União Européia, mas que adotaram o euro – é mais fácil encontrar as moedas das edições especiais em lojas especializadas do que em circulação, o que aumenta o faturamento dos estabelecimentos voltados para colecionadores.

Leia mais