1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Missão européia tentará descobrir vida em Marte

Dois veículos europeus, a sonda espacial Mars Express e o robô Beagle 2, irão explorar a superfície do planeta vermelho, em busca de indícios de vida.

default

Foguete russo Soyuz-FG prepara-se para lançamento da sonda européia a Marte

Desde que o astrônomo polonês Nicolau Copérnico (1473-1543) descreveu o movimento dos planetas ao redor do Sol, que os europeus se interessam por Marte. Durante vários séculos, as observações foram feitas a olho nu ou com o auxílio de instrumentos óticos.

O francês Eugene Antoniadi (1870-1944), por exemplo, produziu o mapa mais detalhado de Marte, antes do início da era espacial.

Até agora, apenas russos e norte-americanos haviam enviado seus veículos espaciais ao planeta vermelho. Desta vez, os europeus tomaram a iniciativa: 320 milhões de euros foram investidos neste projeto, coordenado pela ESA (Agência Espacial Européia).

Institutos de pesquisa de vários países da Europa colaboraram para fornecer os instrumentos de alta tecnologia que irão analisar a atmosfera, a superfície e o interior do planeta Marte, com uma exatidão até agora nunca alcançada.

A sonda Mars Express ficará em órbita ao redor de Marte pelo menos durante dois anos terrestres, que correspondem a um ano marciano. Ela dispõe de um radar especial, que poderá localizar a presença de água a uma profundidade de até quatro quilômetros.

Um cão lebreiro na superfície de Marte

Bildgalerie Mars Countdown zur ESA-Mission Mars Express

Simulação artística da sonda Mars Express em órbita de Marte

O principal componente da missão é o robô Beagle 2, de 65 quilos, que deverá pousar na superfície de Marte amortecido por dois pára-quedas e três airbags. Assim que pousar, tocará uma música composta especialmente pelo grupo pop Blur.

Beagle significa em português cão lebreiro (cão que caça lebres), e foi o nome do navio em que Charles Darwin (1809 -1882) formulou sua teoria da evolução, que revolucionou o conhecimento biológico. O robô foi desenvolvido na Grã-Bretanha.

Na superfície marciana, Beagle abrirá seus painéis solares para carregar as baterias. Depois estenderá o seu braço, em cuja extremidade se encontra uma estação de trabalho chamada PAW (Payload Adjustable Workbench), e começará a realizar seus experimentos.

Beagle 2 possui vários instrumentos sofisticados: um par de câmaras estéreo, um microscópio, dois diferentes espectrômetros, uma tocha para iluminar a superfície e dois instrumentos para coletar rochas e amostras do solo para análise.

O principal objetivo de suas investigações será detectar a presença de oxigênio nas amostras da superfície e medir diferentes aspectos do ambiente de Marte: pressão atmosférica, velocidade e direção dos ventos, radiação ultravioleta, entre outros.

Suas câmaras estéreo tirarão imagens digitais 3D da área pesquisada. Os espectrômetros servirão para analisar a composição mineral das rochas e suas radiações. Beagle 2 possui também brocas para perfurar e coletar material do subsolo.

Planeta de vulcões e cânions

Bildgalerie Mars Countdown zur ESA-Mission Mars Express

Simulação artística do robô Beagle 2 na superfície de Marte.

Embora Marte seja um pouco maior que a metade da Terra, sua geografia apresenta contrastes extremos. Marte possui, por exemplo, o maior vulcão do sistema solar - o Monte Olympus, que se eleva a 26 km da superfície (o Monte Evereste não chega nem a um terço dessa altura).

O Vale Marineris atravessa o equador marciano numa extensão de 4000 km, com 600 km de largura e 7 km de profundidade (o Grande Cânion norte-americano tem apenas 450 km de extensão, 29 de largura e 1,6 km de profundidade).

A atmosfera de Marte é atualmente fria, seca e fina. As temperaturas atingem até 100 graus negativos. Mas, na sua história (3,8 bilhões de anos), Marte já foi quente e úmido.

A presença de água no passado indica que algum tipo de vida pode ter existido no planeta vermelho. Uma fonte de energia e a água são os requisitos essenciais para a vida. Desvendar a possibilidade de vida é portanto o objetivo da primeira missão européia a Marte.

Leia mais

Links externos