1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ministros do Exterior avançam em Berlim na negociação sobre cessar-fogo na Ucrânia

Representantes da Alemanha, França, Rússia e Ucrânia se encontraram na capital alemã para tentar achar uma solução para o conflito que assola o leste ucraniano há meses. Sua declaração conjunta soa promissora.

default

Fabius, Klimkin, Steinmeier e Lavrov se reuniram em Berlim

Os ministros do Exterior ucraniano, Pavel Klimkin, e russo, Serguei Lavrov, abriram nesta quarta-feira (02/07), em Berlim, o caminho para um novo cessar-jogo na Ucrânia, com a mediação dos representantes da Alemanha e da França. Em comunicado conjunto, os quatro países declararam que se reunirão até sábado para negociar um cessar-fogo duradouro.

"Esta não é a solução de todo o problema; não é uma fórmula mágica que faz tudo ficar bem, da noite para o dia. Mas é um passo importante em direção ao cessar-fogo bilateral", comentou o ministro do Exterior alemão, Frank Walter Steinmeier.

A nova declaração confirma o acerto fechado entre os chefes de Estado e governo dos quatro países na segunda-feira. Segundo este, Rússia passará a fiscalizar melhor suas fronteiras, a fim de evitar o contrabando de armas para os separatistas pró-russos, além de possibilitar à Ucrânia o acesso aos postos de fronteira controlados pelos rebeldes. Do encontro em Berlim participou também o ministro francês Laurent Fabius.

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, se recusara a prorrogar o prazo do cessar-fogo unilateral, encerrado na segunda-feira, alegando que a Rússia não cumprira as condições necessárias. Desde então, 30 pessoas já morreram em conflitos no leste do país, e mais de 100 ficaram feridas, informou o chefe da diplomacia ucraniana, Pavlo Klimkin.

CN/rtr/dpa

Leia mais