1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ministro da Economia alemão visita o Irã

Menos de uma semana após acordo sobre o programa nuclear de Teerã, Sigmar Gabriel faz viagem de caráter comercial. Estimativa é que exportações alemãs ao país cheguem a 10 bilhões de euros em quatro anos.

O ministro da Economia e vice-chanceler alemão, Sigmar Gabriel, é o primeiro político ocidental do primeiro escalão a visitar o Irã depois do histórico acordo firmado na semana passada sobre o programa nuclear iraniano. Gabriel, que desembarcou em Teerã neste domingo (19/07), é também o primeiro ministro alemão a visitar o país nos últimos 13 anos.

Durante a visita de três dias, Gabriel se reunirá com o presidente iraniano, Hassan Rohani, e com vários ministros. O alemão viaja acompanhado de uma grande delegação composta por empresários.

O acordo entre Irã e o grupo formado pelas cinco potências com poder de veto no Conselho de Segurança da ONU (Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China) mais a Alemanha encerrou anos de disputas em torno do programa nuclear iraniano. O acordo busca impedir que o país construa armas nucleares em troca de uma suspensão escalonada das sanções econômicas impostas pela comunidade internacional.

A Alemanha, maior economia europeia e uma das maiores potências exportadoras do mundo, busca se beneficiar do processo. A Confederação Alemã das Câmaras de Indústria e Comércio (DIHK, em alemão) estima que as exportações alemãs para o Irã poderão crescer, dentro de quatro anos, dos 2,4 bilhões de euros de 2014 para 10 bilhões de euros.

MD/dpa/afp

Leia mais