1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ministro da Defesa de Israel anuncia fim da carreira política

Ehud Barak causou surpresa ao anunciar que vai abandonar a política depois das eleições parlamentares do dia 22 de janeiro de 2013. Analistas acreditavam que seu partido teria sucesso graças à popularidade do ministro.

O ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, anunciou de maneira inesperada que vai abandonar a política e não será candidato nas eleições parlamentares antecipadas do dia 22 de janeiro, em Israel.

Barak, de 70 anos, disse em Tel Aviv que pretende passar mais tempo com a família e seguirá no cargo apenas pelos próximos três meses, até que saiam os resultados das eleições. O dirigente é divorciado e pai de três filhas.

“Eu decidi sair da vida política e não participar das próximas eleições para o Knesset [Parlamento de Israel]. Com a formação do próximo governo, em três meses, eu vou deixar as minhas tarefas como ministro da Defesa”, frisou Barak.

Faixa de Gaza

Analistas políticos esperavam que o partido de Barak, Atzmaut (Independência), entraria para o Parlamento nas próximas eleições, graças à popularidade do ministro por conta da recente campanha contra os palestinos na Faixa de Gaza.

Barak abandonou em janeiro o Partido Trabalhista devido a uma briga com a direção por causa do curso político da coalizão partidária. Junto com outros quatro políticos fundou, então, o Atzmaut e apoia o governo do primeiro-ministro Netanjahu.

FC/dpa/afp
Revisão: Francis França

Leia mais