1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Ministro alemão desiste de negociar com a Síria

Após o presidente sírio ter feito um discurso favorável ao Hisbolá, ministro alemão do Exterior, Frank-Walter Steinmeier, suspende viagem a Damasco.

default

Frank-Walter Steinmeier prossegue viagem no Oriente Médio

O ministro alemão do Exterior, Frank-Walter Steinmeier, suspendeu sua visita à Síria, após o presidente sírio, Bashar Al Assad, ter feito um discurso favorável ao grupo islâmico radical Hisbolá. Para Steinmeier, o discurso de Assad representa uma contribuição negativa e fica absolutamente aquém dos desafios impostos pela atual situação no Oriente Médio.

O ministro alemão ressaltou que a Síria poderia agir construtivamente, a fim de readquirir a confiança da comunidade internacional. No entanto, lamentou Steinmeier, o discurso de Assad teria apontado para a direção oposta.

Dirigindo-se a jornalistas em Damasco, Assad se referiu a uma "resistência vitoriosa" do Hisbolá no Líbano e conclamou os árabes a apoiarem a organização radical islâmica. Além disso, ele ressaltou que Israel deveria ser excluído do processo de paz, por ser um inimigo.

Steinmeier pretendia visitar Damasco, nesta terça-feira (15/08), a fim de negociar uma possível contribuição síria à solução pacífica do confronto armado no Oriente Médio. Ele desistiu da visita no aeroporto da capital da Jordânia, Amã, e pretende prosseguir sua viagem diretamente à Arábia Saudita. A iniciativa alemã de negociar com a Síria já contava anteriormente com o ceticismo dos EUA, França e Israel.

Link relacionado:

Leia mais