1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Militares encontram vala com cem corpos na Nigéria

Tropas do Chade e da Nigéria encontram corpos, boa parte deles decapitados, sob uma ponte perto da cidade de Damasak, nordeste nigeriano. Segundo militares, o grupo terrorista Boko Haram está por trás das mortes.

Tropas do Chade e da Nigéria descobriram nesta sexta-feira (20/03) uma vala comum com aproximadamente 100 corpos nas proximidades da cidade de Damasak, no nordeste nigeriano. Segundo o porta-voz do exército do Chade, coronel Azem Bermandoa Agouna, o grupo extremista Boko Haram está por trás das mortes.

"Os corpos foram encontrados espalhados sob uma ponte, na saída da cidade de Damasak, próxima da fronteira com o Níger", informou o coronel, que visitou o local.

Segundo ele, vários corpos estavam decapitados e boa parte deles apresentava marcas de tiros. "A matança ocorreu há cerca de dois meses e é obra do Boko Haram", afirmou.

As Forças Armadas da Nigéria e do Chade iniciaram no último dia 8 uma vasta operação conjunta terrestre e aérea contra o grupo terrorista em terras nigerianas. Damasak foi retomada das mãos do Boko Haram na sequência.

Os extremistas querem estabelecer um califado no norte da Nigéria, majoritariamente muçulmano, em contraste com o sul do país, de maioria cristã.

O Chade, que já participa de uma aliança militar com outros países da região para combater o Boko Haram, enviou tropas para os Camarões – país que faz fronteira com a Nigéria – para ajudar na luta contra os ataques dos extremistas.

Confrontos entre o Boko Haram e tropas nigerianas já causaram mais de 13 mil mortes desde 2009, e cerca de 1,5 milhão de pessoas estão refugiadas.

MSB/afp/rtr/lusa

Leia mais