1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Michael Müller escolhido como próximo prefeito de Berlim

Político de 49 anos, responsável pelo desenvolvimento urbano da cidade, deverá comandar capital alemã a partir de dezembro. Ele foi eleito pela maioria absoluta dos filiados do Partido Social-Democrata.

Michael Müller wird Regierender Bürgermeister von Berlin

Vitória de Müller aponta continuidade

Após a renúncia de Klaus Wowereit ao governo de Berlim, em agosto último, a cidade-estado acaba de ganhar um novo nome para a prefeitura: o social-democrata Michael Müller, que deverá assumir o cargo em 11 de dezembro próximo.

O sucessor de Wowereit, que esteve 13 anos à frente do poder em Berlim, não foi eleito nem pelo senado da cidade-estado nem por votação popular, mas pelos filiados do Partido Social-Democrata (SPD), que detém maioria no governo local.

Com uma maioria absoluta de 59,1% dos votos, os 17.200 membros do SPD deram preferência Müller por meio de um sufrágio interno, por correio. O futuro prefeito é amigo íntimo de Wowereit e, até agora, era o responsável pela pasta de Desenvolvimento Urbano no senado (Executivo) da cidade.

O resultado da contagem dos votos foi anunciado neste sábado (18/10). Agora, o próximo passo deverá ser a nomeação de Müller no congresso do SPD, em 8 de novembro, e a posterior aprovação de seu nome pelo senado da cidade. Os democrata-cristãos, parceiros na coalizão de governo municipal, prometem apoiar o candidato social-democrata.

Michael Müller, de 49 anos, deixou bem para trás os outros concorrentes: o presidente do partido no estado de Berlim, Jan Stöss, que recebeu 20,8% dos votos, e o chefe da bancada social-democrata no governo da cidade, Raed Saleh, com 18,6%.

Müller já era considerado há muito o candidato favorito para suceder a Wowereit. Com sua eleição, os filiados do SPD apostam na experiência e na continuidade para o cargo de prefeito de Berlim na era pós-Wowereit.

CA/dpa/afp

Leia mais