1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Michael Ballack pendura as chuteiras

Veterano de duas Copas do Mundo, o jogador chegou a negociar com clubes do futebol norte-americano e da Austrália antes de parar.

O ex-capitão da seleção alemã Michael Ballack anunciou o encerramento de sua carreira no futebol nesta terça-feira (02/10). O antigo astro do Chelsea estava sem jogar desde que seu contrato de dois anos com o Bayer Leverkusen expirou, em junho de 2012.

"Aos 36 anos de idade, eu posso olhar para trás e ver um longo e maravilhoso tempo no futebol profissional, com o qual eu nunca poderia sonhar quando era criança", disse Ballack.

O ex-jogador atuou por Kaiserslautern, Leverkusen e Bayern Munich na liga nacional alemã, a Bundesliga, mas se destacou de fato durante os quatro anos em que foi jogador do Chelsea – entre 2006 e 2010.

Ele fez parte da equipe que perdeu em 2008 na final da Liga dos Campeões para o Manchester United. No mesmo ano, também foi vice-campeão da Eurocopa pela seleção alemã. O time perdeu a disputa para a Espanha, em Viena.

Uma lesão no tornozelo sofrida em um jogo pelo Chelsea em maio de 2010 deixou Ballack de fora da Copa do Mundo da África do Sul. Ele jogou pela última das 98 vezes pela seleção alemã – com a braçadeira de capitão – em um amistoso contra a Argentina, em março de 2010. Ballack estreou na seção alemã em abril de 1999 e marcou ao todo 42 gols.

RO/afp/dpa
Revisão: Francis França

Leia mais