1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Michael Ballack pede permanência do técnico Klinsmann

O capitão da seleção alemã, Michael Ballack, já teve atritos com o treinador Jürgen Klinsmann, que por sua vez foi muito criticado pelos lendários ex-jogadores do país e que ainda têm voz de comando sobre a equipe nacional.

Mas hoje em dia, craque e comandante vivem em uma espécie de lua-de-mel. Entre eles e com a opinião pública. Resultado, claro, do sucesso de curto prazo e inesperado da equipe na Copa do Mundo.

Nesta segunda-feira (19/6), em entrevista ao jornal Die Welt , o camisa 13 defendeu a permanência de Klinsmann no comando técnico do time após o Mundial, já que o treinador afirmou um dia antes que seu auxiliar, Joachim Löw, "seria um ótimo substituto".

"Seria ótimo para o futebol alemão se ele continuasse. Ajudaria muito a desenvolver este time. Foi encontrada uma equipe que tem grande espaço para crescer e para se desenvolver, há um futuro promissor para este grupo", disse o capitão da Alemanha.

Ballack ficou no banco de reservas na estréia de sua equipe na Copa do Mundo, em Munique, no dia 9, quando o time goleou a Costa Rica por 4 a 2. Ele estreou apenas no 1 a 0 sobre a Polõnia que classificou o país às oitavas-de-final do torneio.

Para o duelo com o Equador, nesta terça-feira (20/6), Klinsmann estuda poupar alguns atletas, mas o seu capitão está garantido em campo.