1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Mesmo sem brilho, Bayern vence Boavista

Defensor do título da Liga dos Campeões mostra mais uma vez falta de garra e criatividade. Entrada de Pizarro melhorou time. Peruano iniciou jogada do único gol do jogo. Classificação para quartas-de-final é quase certa.

default

Os goleiros Kahn, do Bayern, e Ricardo, do Boavista, conversam após a partida

O Bayern de Munique segue com êxito na defesa do título da Liga dos Campeões, mas sua exibição na vitória de 1 a 0 sobre o Boavista, na noite de terça-feira, no Estádio Olímpico da capital bávara, mais uma vez deixou a desejar. O resultado deixou o clube a um passo da classificação para as quartas-de-final, ao lado do Manchester United, que goleou o Nantes por 5 a 1.

A partida em Munique chegou a começar prometendo. Já com cinco minutos, ambas as equipes já haviam tido sua primeira chance de abrir o placar. Mas aos poucos, o Bayern foi deixando se dominar pelo aplicado time do Boavista. A equipe portuguesa, no entanto, fracassava na pontaria.

O segundo tempo foi mais quente, embora os anfitriões tenham voltado à campo ainda sem criatividade. Após o Bayern tomar uma bola na trave e talvez ver que a vaca poderia ir para o brejo em casa, o treinador Ottmar Hitzfeld decidiu por Pizarro em campo, reforçando o ataque que já tinha Élber, Roque Santa Cruz e Scholl.

A entrada do peruano deu maior movimentação ao time bávaro. Pizarro logo teve duas chances de marcar, chutando inclusive também uma vez na trave. Até que aos 36 minutos, o peruano deixou a bola com Lizarazu, que foi à linha de fundo e cruzou, para o paraguaio Santa Cruz cabecear e balançar a rede portuguesa. Em seguida, o Bayern usou sua experiência para segurar o placar, conseguindo uma vitória burocrática, mas nem por isto não merecida.

Leia mais

Links externos