1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Merkel lembra crianças maltratadas em mensagem de Ano Novo

Em discurso em que faz balanço positivo do ano que se encerra, premiê alemã insta maior atenção da sociedade e intervenção do Estado nos casos de crianças maltratadas.

default

Chanceler federal fala à nação na noite de São Silvestre

Na tradicional mensagem do chefe de governo alemão à nação na noite de São Silvestre, Angela Merkel faz um balanço positivo do ano de 2007. Após um longo período de calmaria, a Alemanha sente agora que está de vento em popa, que desenvolve novas forças, afirma a chanceler federal.

A política democrata-cristã lembra em especial os avanços no combate ao desemprego – a Alemanha registra agora 1 milhão a menos de desempregados do que há dois anos – e o saneamento das finanças estatais – pela primeira vez desde a reunificação do país, em 1990, foi possível elaborar um orçamento equilibrado.

Os bons resultados, no entanto, não devem levar ao descuido, alerta a chefe de governo. "Apesar de todos os sucessos, não podemos nos recostar. São muito grandes os riscos para a nossa conjuntura e para o nosso crescimento econômico, especialmente através de influências globais."

Combater o desemprego assegurando os postos de trabalho existentes e criando as condições para a geração de novos continuará sendo uma das principais metas de seu governo, diz Merkel.

Família no foco das atenções

Na opinião da premiê, em seu governo a família passou a ocupar o espaço que merece na sociedade, encontrando-se agora no foco das atenções dos políticos. Ainda assim, "gostaríamos de não ter vivenciado muitos dos dias do ano passado. Todos nós pensamos com horror nas notícias sobre maus-tratos, abandono e casos de morte de crianças".

"Todo caso de maus-tratos a crianças é um caso de mais", diz Merkel, exigindo maior atenção da sociedade para aquilo que se passa à sua volta. E, nos casos, em que os pais mostram evidentemente não dar conta da educação dos filhos, "o Estado precisa intervir, pois afinal se trata unica e exclusivamente do bem da criança". A chefe de governo lembra neste contexto dos planos de tornar obrigatória a consulta a pediatras em intervalos regulares.

Responsabilidade global

O prestígio da Alemanha no mundo aumentou nos últimos anos, segundo a chanceler federal, graças à persistência com que o país defende seus interesses econômicos e persegue suas metas políticas. Com isso aumenta também sua responsabilidade no cenário internacional.

A Alemanha responde a essa responsabilidade, lembra Merkel, por meio de seus empenhos em prol da União Européia, da defesa da propriedade intelectual, pela proteção ao clima e por meio do envio de soldados, policiais e civis que participam de misões internacionais de paz e da reconstrução de regiões em crise. (lk)

Leia mais