Merkel deve chefiar governo alemão | Todas as informações sobre as eleições na Alemanha em 2017 | DW | 10.10.2005
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Eleição na Alemanha

Merkel deve chefiar governo alemão

Governo da grande coalizão formado por CDU/CSU e SPD deve ter Angela Merkel como chanceler federal. Social-democratas devem indicar vice-chanceler e ministro das Relações Exteriores.

default

Angela Merkel (CDU): primeira mulher a assumir a Chanceleria Federal alemã

A presidente da União Democrata Cristão (CDU), Angela Merkel, deve assumir a chefia do governo alemão, como sucessora do social-democrata Gerhard Schröder. A informação foi divulgada na manhã desta segunda-feira (10/10), pela rede de TV pública ZDF e pelas agências de notícias DPA e Reuters.

A decisão teria sido tomada na noite deste domingo, em Berlim, em reunião entre Merkel, Schröder e os presidentes do Partido Social Democrata (SPD), Franz Müntefering, e da União Social Cristã (CSU), Edmund Stoiber. O SPD deve indicar o vice-chanceler, que ao mesmo tempo acumula o cargo de ministro das Relações Exteriores.

O anúncio oficial do nome do futuro chefe de governo alemão é esperado para esta segunda-feira. Desde as eleições de 18 de setembro, circulam na capital alemã as mais diferentes especulações sobre a troca de governo. Parece não haver mais dúvidas de que a Alemanha terá nos próximos quatro anos um governo de grande coalizão entre CDU/CSU e SPD.

Segundo a Reuters, a além de indicar a chanceler, a CDU/CSU – bancada mais forte no Parlamento – também reivindica a presidência do Legislativo. O presidente da CSU e governador da Baviera, Edmund Stoiber, assumiria o Ministério da Economia, que seria responsável também por assuntos referentes à União Européia.

Leia mais