1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Merkel conversa com papa Francisco sobre crise na Europa

Durante encontro com a chanceler federal alemã no Vaticano, Papa quis saber sobre a regulação financeira dos mercados e ressaltou a necessidade de uma União Europeia mais forte e justa.

O papa Francisco recebeu neste sábado (18/05) a chanceler federal alemã, Angela Merkel, para uma audiência privada no Palácio Apostólico, no Vaticano. Durante o encontro, que durou 45 minutos, os dois conversaram sobre globalização e sobre o papel da União Europeia na atual crise econômica mundial.

A regulação dos mercados financeiros é uma tarefa central e ainda incompleta, afirmou Merkel, que é protestante, logo após a conversa com o líder católico. Segundo ela, Francisco deixou clara a mensagem de que "a Europa é necessária no mundo, e que nós precisamos de uma Europa forte e justa".

A chanceler observou que a atual crise financeira é resultado da falta de uma economia de mercado social e da carência de elementos de orientação e proteção no setor financeiro, e ressaltou que tal deslize não pode mais acontecer.

Crítica papal às leis do mercado

Há poucos dias, o Papa havia declarado que a economia de livre mercado criara uma "tirania invisível, às vezes virtual", e defendeu reformas financeiras éticas globais, que beneficiem os mais pobres. "O governo deve servir, e não mandar", sublinhou.

De acordo com o Vaticano, os dois falaram, ainda, sobre defesa dos direitos humanos, as perseguições contra os cristãos, sobre liberdade religiosa e colaboração internacional pela promoção da paz.

Para Merkel, a conversa com o líder da Igreja Católica deve ser vista como um reconhecimento e também uma honra para a Alemanha. Ela considera que Francisco chega às pessoas com palavras compreensíveis e tocantes, por isso é importante que a Igreja Católica preste esse papel fundamental de cuidar da base da sociedade.

Angela Merkel zu Besuch bei Papst Franziskus

Merkel presenteia Pontífice com coleção de CDs e coletânea de poesias

Poesia e música

Angela Merkel presenteou o Papa com uma coleção de textos do poeta lírico alemão Friedrich Hölderlin (1770-1843) datada de 1905, com capa de couro e detalhes dourados, e com uma coletânea do maestro e compositor Wilhelm Furtwängler, contendo 107 CDs.

Francisco declarara em entrevistas que Hölderlin é um de seus poetas favoritos, e citara uma de suas obras na primeira audiência como papa realizada em alemão. Ele também já havia comentado que apreciava o trabalho do maestro Furtwängler.

Esta foi a segunda vez que Merkel e Francisco se encontraram. No dia 19 de março, a chanceler participou da missa de posse do novo papa. Na ocasião ela o parabenizou por ter sido escolhido para suceder o alemão Bento 16, e convidou-o para uma visita à Alemanha. Após a audiência com o Papa, Merkel foi recebida por dom Dominique Mamberti, secretário da Santa Sé para Relações com os Estados – cargo equivalente ao de ministro das Relações Exteriores.

MSB/dpa/epd/kna/rv

Leia mais