1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Mercado prevê crescimento de 0,5% em 2015 e inflação acima da meta

Economistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central reduzem expectativa de expansão do PIB brasileiro para 2015. Segundo eles, inflação chegará a 6,56%, acima do teto fixado pelo governo.

Após crescer apenas 0,15% em 2014, a economia brasileira deverá expandir-se 0,5% neste ano, de acordo com o boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (05/01) pelo Banco Central.

Segundo a sondagem que o banco central faz semanalmente consultando cerca de uma centena de analistas do mercado financeiro, o Brasil continuará, portanto, praticamente estagnado em 2015. Os economistas reduziram a previsão de crescimento em 0,05 ponto percentual desde o boletim anterior.

Depois dos 7,5% de 2010, o crescimento caiu para 2,7% em 2011 e para 1% no ano seguinte. Em 2013, houve leve recuperação, com uma expansão de 2,3% do PIB, que antecedeu a queda acentuada em 2014.

Quanto à inflação, os analistas antecipam que ela deve terminar o ano em 6,56%, ou seja, superando a meta fixada pelo banco central. O centro da meta é de 4,5%, e o teto, de 6,5%. Na semana passada, os economistas já haviam previsto um índice de 6,53%.

Em 2013, o Brasil teve uma inflação de 5,91%, e o aumento de preços em 2014 chegou a por em dúvida o cumprimento da meta, pelo que o banco central tomou várias medidas, incluindo a subida das taxas de juros para o nível mais elevado dos últimos quatro anos.

A inflação de 2014 será divulgada na próxima sexta-feira pelo IBGE. No boletim Focus desta semana, os economistas aumentaram levemente sua previsão, de 6,38% para 6,39%.

LPF/lusa/rtr

Leia mais