1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Menos dois favoritos no caminho de Haas

Número 1 do tênis alemão passa a ser segundo principal cabeça-de-chave, após eliminação de Kafelnikov e Grosjean. Barbara Rittner vence e chega à terceira rodada pela quarta vez no Aberto da Austrália.

default

Uma multidão acompanha as partidas num telão gigante, do lado de fora da Rod Laver Arena, em Melbourne

Mesmo sem jogar nesta quarta-feira, as chances de Thomas Haas cresceram no Aberto da Austrália, em Melbourne. Com a eliminação do russo Ievgueni Kafelnikov e do francês Sebastien Grosjean, o primeiro Grand Slam de 2002 prossegue sem os cinco melhores tenistas da atualidade.

Haas passa a ser o segundo principal cabeça-de-chave, atrás apenas do britânico Tim Henman. O número 1 do tênis alemão joga nesta quinta-feira contra o francês Jean-François Bachelot.

Kafelnikov perdeu para o qualificante americano Alex Kim por 3 sets a 0 (6/3, 7/5 e 6/3). "Estou envergonhado", admitiu o medalha de ouro da Olimpíada de Sydney. Grosjean foi derrotado por 3 a 2 (6/4, 3/6, 6/0, 5/7, 6/4) pelo espanhol Francisco Clavet.

Após o australiano Lleyton Hewitt ter sido despachado na primeira rodada, o público australiano assistiu, novamente surpreso, à eliminação de Mark Philipoussis pelo britânico Greg Rusedski por 3 a 0 (7/6, 6/3, 6/4). Philipoussis era a última esperança da torcida local ver um australiano vencer o torneio, que já não tem o brasileiro Gustavo Kuerten, eliminado também na estréia, e o americano Andre Agassi, que desistiu de disputá-lo.

Feminino – A alemã Barbara Rittner surpreendeu, nesta quarta, ao superar a luxemburguesa Anne Kremer. A 71ª do ranking mundial derrotou a 33ª por 2 a 0 (6/1, 6/4) e passou à terceira rodada do Aberto da Austrália pela quarta vez em sua carreira. Ela já disputou o torneio 11 vezes.

Seguir adiante será missão quase impossível, pois a próxima adversária será a suíça Martina Hingis, que arrasou nesta quarta a também alemã Greta Arn. A ex-líder do ranking impôs 2 a 0 (6/1, 6/2) em apenas 56 minutos.

"Não tenho nada a perder. O importante será eu não entregar o jogo. Eu a conheço bem, mas infelizmente ela também a mim", avalia Rittner, que já perdeu três vezes para Hingis. Com suas duas vitórias, a alemã já garantiu 23 mil euros de prêmio.

A decepção alemã do dia ficou por conta da irregular Bianka Lamade. A tenista de 19 anos fracassou diante da francesa Nathalie Dechy (6/3, 6/7, 6/1), que pela primeira vez atinge a terceira rodada do Aberto da Austrália.

Alemães na segunda rodada

5ª-feira:

  • Thomas Haas x Jean Bachelot (França)
  • Rainer Schüttler x Carlos Moyá (Espanha)
  • Marlene Weingärtner x A. Serra-Zanetti (Itália)
  • Martina Müller x Nicole Pratt (Austrália)

    4ª-feira:

    • Barbara Rittner 2 x 0 A. Kremer (Luxemburgo)
    • Bianka Lamade 1 x 2 Nathalie Dechy (França)
    • Greta Arn 0 x 2 Martina Hingis (Suíça)

Leia mais