1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Menina que chorou em evento com Merkel ganha visto de residência

Adolescente Reem Sahwill e sua família recebem autorização para ficar na Alemanha até outubro de 2017. Menina ficou famosa após chorar diante da chanceler alemã.

A adolescente refugiada palestina que comoveu o mundo ao chorar durante uma conversa com a chanceler federal Angela Merkel poderá permanecer na Alemanha, afirmaram autoridades alemãs nesta quinta-feira (24/12).

De acordo com as autoridades, que falaram ao jornal alemão Bild, a adolescente Reem Sahwill, de 14 anos, e sua família receberam visto de residência válido até outubro de 2017. A família deverá buscar a permissão nos próximos dias.

As autoridades de imigração da cidade de Rostock, no norte alemão, afirmaram que Reem, seus pais e seu irmão estão autorizados a permanecer no país devido à sua integração bem-sucedida na sociedade. O pai da adolescente presta auxílio a outros refugiados.

Reem, que, de acordo com relatos, tem fluência em cinco línguas e é uma excelente estudante, contou para Merkel durante um debate televisivo que sua família – que chegou a Rostock vinda de um campo de refugiados libanês, há quatro anos – estava amaeçada de deportação. Ela disse que queria ficar na Alemanha e estudar, mas que seu futuro era incerto.

"Eu quero estudar, esse é o meu desejo", afirmou. Merkel respondeu que a Alemanha não poderia acolher todos, o que levou a estudante às lágrimas.

A chanceler então se aproximou de Reem e tentou consolá-la

. Nas mídias sociais, muitos classificaram a reação de Merkel como "fria".

Após a repercussão do caso na mídia, a menina e sua família

receberam uma permissão de residência provisória

até março de 2016.

FC/afp/dpa

Leia mais