1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Medo: uma ameaça para quase todos os alemães

Pesquisa de uma revista econômica mostra que o medo domina a Alemanha.

Segundo uma pesquisa de opinião encomendada pela revista de economia BIZZ, apenas 12% dos alemães vivem sem medo. Dentre os mil entrevistados, 53% temem atentados terroristas. Porém praticamente a mesma proporção receia que se perca o atual nível de tolerância social, conquistado a duras penas.

A preocupação de 38% é mais material: eles temem perdas financeiras. Outros 34% têm medo do futuro, enquanto 25% vêem seu emprego em perigo. As mulheres são ligeiramente mais medrosas do que os homens, os alemães do leste mais do que os do oeste, e os de pouca instrução são mais inseguros do que os instruídos. Porém uma coisa é certa: ninguém está absolutamente a salvo do medo, ele afeta todas as camadas da população.

No momento, este sentimento é tão forte que, segundo o estudo da BIZZ, apenas 38% dos alemães conseguem viver como antes; 12% tentam recalcar as ameaçadoras sensações. Porém quase a metade consegue combater o medo ativamente: 34% estreitaram os laços com família e amigos, 22% se distraem através de esporte e do mundo das diversões, 11% se engajam em nome de partidos ou em manifestações públicas, enquanto para 2% a única esperança é procurar apoio médico.