1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

McLaren mais rápida que Ferrari em Sepang

No calor da Malásia, pneus Michelin levam vantagem sobre os Bridgestone de Michael Schumacher. Tetracampeão não está preocupado.

default

Com sua velha F2001 e pneus Bridgestone, Schumacher só conseguiu o terceiro tempo no treino livre em Sepang

A primazia da Ferrari e de Michael Schumacher na temporada 2002 não foi além da primeira etapa. Em Sepang, as McLarens fizeram, nesta sexta-feira, os melhores tempos no treino livre para o Grande Prêmio da Malásia, a ser disputado domingo.

Como já era esperado, o fator decisivo, porém, não foram aperfeiçoamentos nos carros, nem o amadurecimento dos pilotos concorrentes. Os pneus fizeram a diferença.

Ao contrário de Melbourne (Austrália), onde o clima estava relativamente fresco há duas semanas, em Sepang o calor está fortíssimo e, sob altas temperaturas, os pneus da Michelin, que equipam as McLarens e mais cinco escuderias, levam vantagem sobre os da Bridgestone, usados pela Ferrari e mais quatro concorrentes. Dito e feito, sete dos dez melhores tempos desta sexta-feira foram registrados por carros com pneus do fornecedor francês.

O mais rápido foi Kimi Räikkönen (McLaren-Mercedes), seguido por seu parceiro escocês, David Coulthard. Michael Schumacher obteve o terceiro tempo, mais de um segundo mais lento que o finlandês terceiro colocado do campeonato.

"Estou otimista para o fim de semana. Não estou preocupado com a desvantagem. Já esperávamos que os outros seriam rápidos aqui. Além disto, os tempos dos treinos livres não costumam fornecer sinais claros da verdadeira relação de força entre as equipes", comentou o alemão tetracampeão mundial.

Apesar da dobradinha no treino livre, o clima é de cautela na McLaren-Mercedes. "Estamos trabalhando na direção certa. Mas não acredito que Michael Schumacher vá ser um segundo mais lento que nós nos treino classificatório", afirmou Norbert Haug, diretor de automobilismo da Mercedes.

Schumacher apresentou ainda outra razão para seu terceiro lugar. "Nós nos dedicamos hoje a escolher os pneus que usaremos no fim de semana", disse o alemão, acrescentando que assim cuidou-se pouco de acertar a velha Ferrari F2001, que está mais uma vez em ação na Malásia.

O irmão Ralf Schumacher (Williams-BMW) marcou o quarto melhor tempo, enquanto Mika Salo surpreendeu novamente com sua Toyota com o quinto. Somente depois ficaram Juan Pablo Montoya (Williams-BMW) e Rubens Barrichello (Ferrari). Os dois outros alemães, Nick Heidfeld (Sauber) e Heinz-Harald Frentzen (Arrows), fizeram o décimo e 13º tempos. Os brasileiros Enrique Bernoldi (Arrows) e Felipe Massa (Sauber) ficaram com o 15º e 21º.

Leia mais