1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

McDonald's alemão lança hambúrguer orgânico

De orgânico, porém, sanduíche só tem a carne: demais ingredientes continuam sendo convencionais. Novidade é tentativa de se adaptar a uma tendência forte na Alemanha.

Uma novidade nos restaurantes do McDonald's da Alemanha divide opiniões no país. Desde 1º de outubro – e pelo período de somente sete semanas –, a rede de fast food está vendendo seu primeiro hambúrguer com carne 100% orgânica.

O novo produto é chamado de McB: a letra B corresponde à palavra bio, que na Alemanha equivale ao brasileiro orgânico. O McB foi lançado quase ao mesmo tempo que outra novidade da rede americana, o hambúrguer vegetariano.

Seriam esses os sinais de que a empresa estaria ficando mais "verde"?

Sanduíche não é totalmente orgânico

Joyce Moewius, assessora de imprensa da associação alemã dos produtores da agricultora orgânica, afirma que a rede de fast food está tentando lucrar com o valioso rótulo dos produtos orgânicos sem, na verdade, oferecer um sanduíche totalmente orgânico.

"Produtos orgânicos têm uma grande reputação na Alemanha, e o McDonald's está tentando melhorar a sua imagem", diz Moewius. "Infelizmente, o resto do sanduíche continua sendo produzido da forma convencional."

Hans Hahne, um empresário que possui 14 franquias do McDonald's na região de Colônia, no noroeste da Alemanha, confirma que a rodela de carne moída é realmente o único ingrediente orgânico do sanduíche. "A primeira segmentação para o orgânico foi a carne, já que é a parte mais importante para as pessoas", diz Hahne.

Numa de suas franquias em Bonn, na Alemanha, Hahne mostra como o hambúrguer é armazenado e preparado de forma separada. "A rodela de carne convencional é totalmente arredondada. Já a rodela de carne orgânica, ou bio, tem uma forma irregular", explica Hahne. Assim não há como um funcionário confundi-las.

Em termos de logística, seria difícil e caro separar a alface, os tomates, os pães e os outros ingredientes orgânicos dos convencionais.

McDonald's Bio-Burger

Como a rodela de carne do McB (d) tem formato diferente, não há o risco de funcionários se confundirem

Por que a Alemanha?

O porta-voz do McDonald's na Alemanha, Philipp Wachholz, define o produto como uma resposta às novas tendências de consumo no país. Para ele, a alimentação vegetariana e orgânica são tendências fortes, e a rede de fast food está apenas se adaptando a essa situação.

"Além disso, as pessoas também gostam de ter carne proveniente da região onde elas moram", acrescenta. Toda a carne do McB provém da Alemanha e da Áustria.

Stephanie Töwe, uma ativista da agricultura sustentável do Greenpeace Alemanha, também vê a ação da empresa como resposta a uma mudança nos hábitos dos clientes – não só da Alemanha, mas em toda a Europa, ao longo da última década.

"As pessoas querem saber de onde vêm os alimentos e quem os está produzindo. Elas se importam com padrões sociais e ambientais e com normas para o bem-estar dos animais", afirma Töwe.

Para ela, o mercado, especialmente na Alemanha, mudou. Uma maior diversidade de produtos – incluindo aqueles que agridem menos o meio ambiente – está forçando a empresa de fast food a se readaptar.

"Eu acho que o McDonald's percebeu que, se quiser realmente sobreviver aos próximos 40 anos, terá que mudar e se tornar mais verde", afirma Töwe.

Grandes empresas influenciam o mercado

Os novos produtos do McDonald's na Alemanha são o passo mais recentes de uma longa evolução. E essas mudanças podem ter um impacto amplo. É o caso, por exemplo, da moratória da soja, um pacto contra o desmatamento da Amazônia.

Em 2006, em reação a um relatório do Greenpeace sobre desmatamento na Amazônia, o McDonald's parou de comprar insumos, como ração para galinhas, provenientes da região desmatada. No início deste ano, um estudo descobriu que essa política reduziu drasticamente o desmatamento na indústria da soja.

"É claro que grandes empresas conseguem influenciar o mercado", afirma Moewius. Se o hambúrguer orgânico do McDonald's se estabelecer, poderá aumentar, em grande escala, a demanda por commodities orgânicas e promover a agricultura orgânica nos países da União Europeia.

O McDonald's na Alemanha diz que isso depende da resposta que os clientes vão dar para a novidade. "Até agora, o retorno é positivo", afirma Wachholz. "Vários países estão acompanhando de muito perto a nossa promoção", acrescenta, indicando um potencial de expansão para fora do país.

Leia mais