1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Marlene Dietrich é cidadã benemérita de Berlim

Homenagem é gesto simbólico da reconciliação da cidade natal com sua filha famosa.

default

O neto de Marlene Dietrich, Peter Riva (c), recebe a homenagem póstuma da cidade de Berlim à diva

Dez anos após sua morte, a diva Marlene Dietrich foi homenageada com o título de cidadã benemérita de Berlim, numa cerimônia em que foi representada por seu neto, Peter Riva. O prefeito de Berlim, Klaus Wowereit, louvou a berlinense nata como artista de um "carisma fascinante". Desde 1930 e até hoje, ela vem simbolizando para a opinião pública, "com charme, elegância e autodisciplina, os melhores lados de Berlim", acentou.

Peter, o neto, lembrou que Dietrich durante muito tempo sentiu grande raiva de Berlim, mas que esta passou com a queda do Muro, em 1989. Tanto que seu desejo era ser sepultada em sua cidade natal, ao lado do túmulo da mãe. O sepultamento teve lugar a 16 de maio de 1992, dez dias após a morte da diva em Paris.

Ainda em 1960, Dietrich fora hostilizada durante uma viagem a Berlim. Muitos alemãos não lhe perdoaram o fato de ter dado as costas à Alemanha nazista e adquirido a cidadania americana e a consideravam "traidora da pátria".

Marlene Dietrich ocupa aagora o 111º lugar entre os cidadãos honorários de Berlim, sendo a quinta mulher a receber a homenagem.