1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Marinha italiana resgata 3 mil migrantes no Mediterrâneo

Operação de salvamento, uma das maiores já realizadas em um só dia, ainda prosseguia durante a noite. Grande número de pessoas arriscava travessia em diversas embarcações superlotadas.

Autoridades da Marinha e da Guarda Costeira da Itália informaram que cerca de 3 mil migrantes foram resgatados no Mar Mediterrâneo neste sábado (22/08), de mais de vinte embarcações superlotadas.

As operações de salvamento – uma das maiores realizadas em um só dia até agora – prosseguiam durante a noite. A Marinha informou que dois de seus navios resgataram quase mil pessoas em barcos de madeira que estavam em risco de afundar, próximos à costa da Líbia.

Barcos de patrulha da guarda costeira italiana fizeram o resgate de cerca de trezentas pessoas, que tentavam realizar a perigosa travessia do Mediterrâneo em botes infláveis.

Mais de mil migrantes estavam sendo encaminhados a portos italianos em outras embarcações. Grande parte destes foi resgatada por um barco da organização humanitária Médicos Sem Fronteiras e por um navio norueguês que participa da operação de resgate Triton, da União Europeia. Estimativas iniciais indicam que o número de migrantes resgatados neste sábado pode chegar a 3 mil.

O Mediterrâneo se tornou o ponto de travessia mais letal para os refugiados em todo o mundo. Segundo a

Organização Internacional de Migração

, mais de 2.300 pessoas morreram em 2015 na tentativa de chegar a Europa através da rota.

RC/afp/ap/efe

Leia mais