1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Marcelinho e Gilberto brilham na goleada do Hertha

Vitória de 4 a 1 sobre o Hamburgo elevou clube da capital alemã em três posições na Bundesliga. Bayern e Schalke dividem a liderança, seguidos do Werder Bremen, que meteu 4 a 0 no Bochum.

default

Marcelinho e Gilberto comemoram a festa de gols

O frio intenso do final de semana no país (a maioria dos jogos teve temperaturas abaixo de 0ºC) não impediu goleadas na rodada de número 23 do Campeonato Alemão (Bundesliga). Nem atrapalhou a motivação dos brasileiros. É o caso de Gilberto e Marcelinho, responsáveis pela sensacional vitória do Hertha Berlim por 4 a 1 sobre o Hamburgo.

Reina abriu o placar para o clube da capital alemã, após cobrança de falta de Marcelinho aos 4 minutos do primeiro tempo. Treze minutos depois, Marcelinho serviu Gilberto, que se livrou de dois adversários na grande área e chutou para marcar o segundo gol dos berlinenses.

Treze minutos depois, Bastürk entrou driblando na zona de perigo hamburguesa. A bola sobrou para Marcelinho, que marcou o terceiro. Embora dominasse em campo, o Hamburgo não conseguiu aproveitar as suas oportunidades, graças também à boa atuação do goleiro berlinense Fiedler. No segundo tempo, o Hertha insistiu nos contra-ataques, enquanto o Hamburgo não conseguia passar pela defesa do clube da capital.

Fußball Bundesliga Saison 2005 Hertha BSC Berlin - Hamburger SV

Gilberto marca, sem chance de defesa para Pieckenhagen, do Hamburgo

Só a 12 minutos do final, Barbarez conseguiu marcar, de cabeça, o gol de honra do Hamburgo. Quatro minutos depois, Gilberto fechou o placar de 4 a 1 para o Hertha, que subiu da sétima para a quarta posição na tabela.

Bayern e Schalke na liderança

O Bayern de Munique e o Schalke continuam empatados na liderança do campeonato, com 47 pontos cada um. A vantagem é do clube bávaro, pelo saldo de gols. Ainda cansados dos difíceis compromissos internacionais da última semana, ambos os times não passaram de míseros 1 a 0 nesta rodada: o Schalke derrotou o Hannover 96 (10º na Bundesliga) e o Bayern ganhou do Freiburg, penúltimo colocado na tabela.

Apesar do fraco desempenho do Schalke, o placar entrou para a história: foi a primeira vitória dos "azuis" em casa contra o Hannover desde 27 de outubro de 1973 (3 x 1). "Foi um jogo difícil, nossa vitória com certeza não foi soberana", comentou o treinador Ralf Rangnick.

Fußball Bundesliga Saison 2005 SC Freiburg - FC Bayern München Sebastian Deisler (l) Dennis Aogo (r)

Deisler (esq.) disputa a bola com Dennis Aogo

Várias lesões no plantel do Bayern, inclusive de Ballack, exigiram a criatividade do técnico Felix Magath na escalação da equipe. Desta maneira, ele surpreendeu ao escalar Sebastian Deisler, afastado do campeonato desde a oitava rodada por causa de problemas psicológicos. E justamente ele foi o autor do gol, aos 7 minutos do segundo tempo.

Decisões controversas do árbitro

Bayer Leverkusen e Stuttgart (quinto e sexto colocados) não passaram do empate em um gol, desperdiçando a valiosa chance de melhorar a classificação. Berbatow marcou para o clube da aspirina. O brasileiro Cacau igualou o placar na cobrança de pênalti a 2 minutos do final da partida. O lance mais controvertido do jogo foi cometido por Babbel, que aos 14 minutos do primeiro tempo puxou a camiseta e derrubou Berbatow.

Embora o árbitro não tenha apitado a falta de imediato, voltou atrás na conclusão do lance seguinte. Após uma rápida conversa com o bandeirinha, marcou a falta e mostrou cartão amarelo para Babbel. Para o técnico do Bayer, Klaus Augenthaler, o juiz errou ao não dar cartão vermelho.

A segunda mostra de insegurança do árbitro aconteceu pouco antes de terminar o primeiro tempo. Franz-Xaver Wack havia apitado tiro de meta após um chute de Jacek Krzynowek, do Bayer, mas depois de assistir ao lance no telão do estádio voltou atrás e deu escanteio.

Borussia goleia a crise

O Borussia Dortmund driblou as manchetes negativas geradas pela crise financeira do clube, vencendo o Mainz por 3 a 0. Mesmo assim, o campeão alemão de 2002 continua em 12º lugar no atual certame.

Goleada também, mas de 4 a 0, foi o resultado do jogo Werder Bremen x Bochum. O Bremen, atual campeão e terceiro na tabela desta temporada, reuniu moral para seu importante compromisso na próxima semana, contra o Bayern de Munique, quatro pontos à sua frente.

"Este jogo é importante para todos. Para as duas equipes, pode ser um grande passo em direção ao título", disse o jogador Fabian Ernst. "Claro que foi uma goleada sensacional para os nossos torcedores, mas o Bochum hoje não estava à nossa altura", concluiu o jogador da Seleção Alemã.

Aílton não quer renovar no Schalke

Ailton Schalke 04

Aílton já faz planos para deixar o Schalke

Outra sensação do final de semana foi a entrevista do brasileiro Aílton à edição dominical do jornal Bild. "Assinei contrato até 2006. Daí eu e Schalke temos a opção de prorrogar por um ano. Mas já hoje digo: não pretendo fazer uso desta opção", declarou o brasileiro de 31 anos.

O artilheiro do último Campeonato Alemão deixa em aberto para onde vai no próximo ano: "Posso prosseguir na Bundesliga ou ir para o Catar ou o Japão, tudo é possível". O Werder Bremen, para quem jogou na temporada passada, continua sendo seu clube do coração: "Oooh, Bremen. Seria ótimo encerrar a carreira lá. Não descarto esta possibilidade".

Leia mais